EM CARTAZ | TEATRO AUGUSTA

MOJO


 
Texto, escrito em 1995, aborda o universo marginal, masculino e violento de um bar inglês na década de 50. Em Londres, 1958, Silver Johnny é a sensação do rock no clube atlântico, propriedade de Ezra, lugar que começa a ganhar popularidade com os shows do artista. O sucesso do bar atrai o interesse de Sam Ross, que alicia Silver e manda matar Ezra. Sweets e Potts, que trabalham no clube, ficam assustados com a possibilidade de perderem suas vidas. Baby, filho de Ezra, quer esclarecer a morte do pai, por meio de provas de força, trocas de poderes, anfetamina e ameaças, numa atmosfera de constante tensão.

Texto: Jez Butterworth
Tradução: Fernando Oliveira
Direção: José Henrique de Paula
Elenco: Fabrício Pietro, Alexandre Cruz, Thiago Carreira, Thiago Ledier, Marcelo Góes, e Andre Montilha
Duração: 90 minutos

TEATRO AUGUSTA | sala experimental (somente 40 lugares) | Curta temporada
Sexta 21h30 / sábado 21h / domingo 19h30
Sexta R$ 20,00 | Sábado e domingo R$ 30,00

ERVILHA SAPO JR. 

Bidú quer ser atriz e precisava de um nome artístrico. As amigas da menina, até tentam ajudar. Mas, a idéia é estranha e seus desejos não se parecem com os de ervilha.
Um espetáculo sensível e bem-humorado que discute o amor, as relações escolares, amizades e a fantasia, esse mundo imaginário que nos acompanha pela vida.

Texto e direção: marcus vinicius de arruda camargo
Elenco: luciana lucca, carolina ghirardelli, patricia canola, bruna menezes, gabriela scarcelli, ana carol scaff, cássio alves, rafael morpanini, theo moraes, celso bernini, carolina holanda.
Figurinos: gabriela scarcelli
Trilha composta: marcelo quintanilha
Iluminação e cenografia: marcus vinicius de arruda camargo
 
TEATRO AUGUSTA | sala nobre
Sábados e Domingos – 16h.
R$ 20,00

CLEIDE ELÓ E AS PÊRAS

É uma peça que grita de amor. Que abre trilhas nos caminhos vagabundos do coração e derrama insanidades decorrentes de qualquer paixão.

É pra falar da carne e da alma, que um vigia (Gero Camilo) conta a sua história de embriaguez.
Ali do lado, ou em um lugar qualquer, uma mulher (Paula Cohen) rasga o peito de seu amado porque precisa tê-lo, porque precisa dele, porque precisa…
Este espetáculo fala de gente. Da gente e das aventuras libertárias e perigosas que os encontros nos proporcionam.

Autor: Gero Camilo
Direção: Gustavo machado
Elenco: Gero Camilo e Paula Cohen 
 
Curta temporada
TEATRO AUGUSTA | Sala experimental
Qua e qui 21h | R$ 30,00

Anúncios

Comente aqui!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s