TEATRO DE DANÇA APRESENTA CIA. BALÉ DA CIDADE DE TAUBATÉ | 2 a 4 de Novembro

Em novembro, o TD – Teatro Itália/Teatro de Dança – programa da Secretaria de Estado da Cultura, gerenciado pela APAA (Associação Paulista dos Amigos da Arte) – inicia sua programação com o Balé da Cidade de Taubaté. Criado em 2006, é composto por 11 bailarinos e tem direção artística de Alexandra Luppe. As apresentações no TD serão nos dias 2, 3 e 4 de novembro.

No repertório, pesquisas coreográficas que investigam temas contemporâneos. Com direção de Alexandra Luppe, o grupo tem como coreógrafo Arilton Assunção. Alexandra Luppe teve seus trabalhos apresentados na Alemanha em 1998, e nos Estados Unidos em 2001, acompanhando a Orquestra Filarmônica Infanto Juvenil de São Paulo. Desenvolve o Projeto Dança nas Escolas, que apresenta espetáculos nos pátios das instituições de ensino da rede municipal paulista.
Arilton Assunção é bailarino clássico formado pela Escola Municipal de Bailados, integrou o elenco do Balé Stagium, e estudou em São Francisco, Califórnia (EUA), com Jack Franklin, um dos grandes nomes da dança contemporânea. Em julho de 2005 foi agraciado com o prêmio de melhor coreógrafo no Seminário Internacional de Dança de Brasília.

“Imagens Sonoras” nasceu do convite da Alexandra Luppe a Danny Bitencourt para montar uma coreografia com o Balé da Cidade de Taubaté. Esse é o primeiro trabalho de Dany Bittencourt fora da Cia. Cisne Negro, da qual participa. Danny construiu sua carreira profissional nos últimos 25 anos como bailarina, diretora de ensaios e coreógrafa. Para a coreografia Imagens Sonoras foram desenvolvidas imagens coreográficas a partir de músicas de “Um Trio Viralata”. O conteúdo sonoro é de extrema brasilidade e criatividade, produzido por meio de sopros, cordas e movimentos percussivos com as mãos.

Em “Tríade”, Arilton Assunção explora as várias possibilidades do amor e suas conseqüências: a luta, a saudade, o ciúme, a dor, a plenitude e em “Um Lá para Tom”, o coreógrafo visita composições inesquecíveis da obra de Tom Jobim e as inquietantes letras do poeta Vinícius de Moraes, entrelaçando os melhores e piores momentos que só o amor nos faz trilhar.

Sobre o espetáculo “O Ano Era…” Arilton Assunção poetisa: “Onde eu estava quando aquele belo e alegre tango tocou? Não me lembro. Só lembro que de repente todas as janelas se abriram e consegui enxergar a luz que veio me acordar da escuridão… Foi lindo… Por pouco tempo… Mas lindo. O ano era 1890, 1900, 1935… Não sei bem ao certo. Era um ano em que as imagens se distorciam em cores de cinza, violeta, preto, azul… Ainda não me lembro. Só lembro que o ano era…”

O Balé da Cidade de Taubaté é um grupo recém formado, através de um projeto do Departamento de Ação Social da Prefeitura Municipal de Taubaté. Grupo que representa oficialmente a cidade e tem por prioridade trabalhar a dança como instrumento a serviço da educação e da cultura, oferecendo espetáculos com qualidade e regularidade para a população, contribuindo para a formação do cidadão consciente de sua função na sociedade. O grupo tem sua sede na Escola de Artes Maestro Fêgo Camargo, e como escola já dançou nos palcos da Alemanha e nos Estados Unidos.

PROGRAMAÇÃO

02 de Novembro

“Imagens Sonoras”
Balé da Cidade de Taubaté
Direção Artística: Alexandra Luppe
Duração: 55 minutos com intervalo – Classificação etária: livre

“Tríade”
Solos de Arilton Assunção
Duração: 2m30 cada solo.

Céltica – Solista: Gabriela Velasco
Interlúdio – Solista: Jenifer Botossi
Lúdico Rei – Solista: Carlos Oliveira

“Um Lá Para Tom”
Coreografia: Arilton Assunção
Duração: 20 minutos 

“Imagens Sonoras”
Dany Bittencourt
Duração: 16 minutos

03 e 04 de novembro

Sábado, 21h e Domingo, 18h
Duração: 70 minutos, com intervalo
Classificação etária: livre

“O Ano Era…”
Arilton Assunção
Duração: 35 minutos

“Imagens Sonoras”
Dany Bittencourt
Duração: 16 minutos

Teatro Itália, TD- Teatro de Dança – Secretaria de Estado da Cultura
APAA-Associação Paulista dos Amigos da Arte

Avenida Ipiranga, 344 – Subsolo, Edifício Itália – São Paulo, SP, Brasil – Metrô República
E-mail: info.teatrodedanca@apaa.org.br
Telefone da bilheteria: 2189 2555 / Informações: 2189 2557
Capacidade: 278 lugares / Ar-condicionado / Acessibilidade para pessoas com necessidades especiais / C.C. Visa e Visa-Eletron / Estacionamento R$ 12,00 com manobrista. Bilheteria, abertura: Vendas para o dia do espetáculo – quarta a domingo: a partir das 14horas.

Ingressos: R$ 10,00 e meia-entrada. Vendas online.

Por Márcia Marques.

Anúncios

One Comment

Comente aqui!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s