MIX BRASIL – 15º FESTIVAL DE CINEMA E VÍDEO DA DIVERSIDADE SEXUAL | 13 a 25 de Novembro

Começa na próxima terça-feira a 15ª mostra de cinema e vídeo que abordam a diversidade sexual. Para ver a programação, clique aqui.

A gente indica:

Vídeo-Instalação

Tributo Dzi Croquettes
Retrô-Erótico

Almôndega de Bofes / All Male Mash Up
(William E. Jones, 2006, EUA, 29’)
Este novo trabalho do fotógrafo e cineasta William E. Jones, uma vídeo-instalação, inspira-se em sua carreira paralela na indústria gay de entretenimento. Como reflexo de ter visto centenas de horas de filmes pornô, ele desenvolveu especial fascinação pelas obras marginais: tomadas que mostram paisagens urbanas que revelam épocas, cenas com diálogos irresistivelmente ineptas e close-ups de astros, muitos já mortos. É uma coletânea de cenas-chave de diversos pornôs vintage, material que pode ser visto como um registro de valor inestimável sobre um mundo perdido de erotismo e sociabilidade. É Sodoma e Gomorra na São Francisco dos anos 70.

CINESESC – 17/11 (Sábado) – 00:00
ESPAÇO UNIBANCO 1 – 15/11 (Quinta) – 19:00

Filme

Mundo Mix – Asia

Love Man Love Woman
(Nguyen Trinh Thi, 2007, Vietnã, 52’)
Quem poderia imaginar que uma religião poderia ser tão fabulosa? No Vietnã, os templos Dao Mau são um dos poucos lugares em que um homossexual pode florescer num país basicamente homofóbico. Nesses templos, a freqüência é bastante mixed, e os gays podem extravasar sua feminilidade, borrando os limites entre os gêneros. Como não entender a fascinação pelos figurinos elaborados, pelos altares extravagantes e pelos rituais rebuscados, marcados por velas, incensos, plumas, licor e cigarros?! No Dao Mau, gays efeminados agem como médiuns para espíritos femininos e para Deus Mãe, sendo chamados de Dong Co (literalmente Espíritos de Mulher). Os rituais curiosamente inserem humor e exageros dignos de uma performance drag. Os homossexuais no Vietnã são chamados de ai nam ai nu (“love man love woman”).

CINE OLIDO – 13/11 (Terça) – 13:00
CINE OLIDO – 22/11 (Quinta) – 19:00

Tributo Dzi Croquettes
Desbunde Total

Satyricon
(Federico Fellini, 1970, Itália/França, 129’)
No mesmo ano em que Pier Paolo Pasolini lançou seu “Decameron”, outro mestre do cinema italiano, Federico Fellini, também apresentou ao mundo uma de suas obras mais debochadas e hedonistas, “Satyricon”. Foi um momento único para a Sétima Arte peninsular. E é um desbunde de cinema que tem tudo a ver com o tempo e a arte dos Dzi Croquettes. A Roma antiga e pré-cristã conhece a decadência de seus áureos dias e entrega-se aos prazeres fúteis e depravados. Baseado no romance de Petronius Artiter, o filme segue a vida de dois estudantes em suas desventuras, perigos e experiências sexuais através da Mitologia Romana. O filme é um prodígio visual, uma memorável festa para os olhos, em boa parte graças à fotografia do mestre Giuseppe Rotunno e à direção de arte e aos figurinos imaginativos de Danilo Donati. Sem falar na sempre inspirada trilha musical de Nino Rota. Todos habituais colaboradores no universo onírico que gerou o neologismo “felliniano”.

Trailer do Satyricon

Cena do Satyricon

ESPAÇO UNIBANCO 1 – 14/11 – 23:00

 

Locais de exibição:

Galeria da Paulista – Caixa Cultural
Av. Paulista, 2.083 (Conjunto Nacional) Cerqueira César
(11) 3321-4400. Entrada franca

Memorial da América Latina
Avenida Auro Soares de Moura Andrade, 644. Barra Funda. Entrada: Portão 13
(11) 3823-4600. Sessão única somente para convidados

Cine Olido
Av. São João, 473. Centro.
(11) 3331-8399. Entrada franca

Centro Cultural da Juventude
Av. Deputado Emílio Carlos, 3.641. Vila Nova Cachoeirinha
(11) 3984-2466. Entrada franca

Espaço Unibanco de Cinema
(Salas 1, 2 e 4) R. Augusta, 1475.Consolação
(11) 3288-6780. Ingressos a R$ 14 (inteira) e R$ 7 (meia-entrada)

Cinesesc
R. Augusta, 2.075. Paulista/Jardins
(11) 3082-0213 . Ingressos a R$ 14 (inteira) e R$ 7 (meia-entrada)

Autorama
Parque do Ibirapuera. Entrada franca

Biblioteca Monteiro Lobato
(área externa). R. Gal Jardim, 485. V. Buarque
(11) 3256-4122. Entrada franca

Cinusp
R. do Anfiteatro, 181. Favo 4, colméia. Cidade Universitária
(11) 3091-3540. Entrada franca

Se quiser ver a programação aqui mesmo, clique aqui >>>

PROGRAMAÇÃO

13/11 – TERÇA-FEIRA

Cine Olido
13h – Love Man Love Woman, de Nguyen Trinh Thi (52’), Vietnã. 12 anos.

17h – Fabricação Própria (Programa de curtas, 78’). 12 anos.
A Segunda Chance, de Lello Kosby (11’), Brasil;
Documentário Lado A, Lado B, de Maria Braga (19’), Brasil;
Fabricação Própria: a Desordem do Desejo, de Carol Thomé (13’), Brasil;
En el Fuego, de Dante Alencastre (35’), Peru/EUA.

19h – Sem Garantia de Validade, de Jaime Sylla (58’), Reino Unido; abre o curta: Ciranda, de Rafaela Dias (3’), Brasil. 18 anos

 

14/11 – QUARTA-FEIRA

Centro Cultural da Juventude
20h – Mostra Competitiva Brasil I (Programa de curtas, 85’). 18 anos.
Acorda, de Roberta Marques (19’), Fortaleza, Brasil/ Holanda;
Doce e Salgado, de Chico Lacerda (7’), Recife, Brasil;
Ta, de Felipe Scholl (5’), Rio de Janeiro, Brasil;
O Papel das Dobras, de Bruno Jorge (19’), São Paulo, Brasil;
Meu Cão Me Ensina a Viver, de Filipe Moura (12’), Rio de Janeiro, Brasil;
Bárbara, de Carlos Gradim (10’), Belo Horizonte, Brasil;
Beijo de Sal, de Fellipe Barbosa (18’), Rio de Janeiro, Brasil/EUA.

Cine Olido
13h – Espelho Meu, de Zemirah Moffat (59’), Reino Unido; abre o curta: Aos Rebeldes
Sexuais, de Anita Schoepp (9’), Canadá. 18 anos.

17h – Meu Mundo É Esse (Programa de curtas, 83’). 12 anos.
Aly M, de Adrian Francis (5’), Austrália;
Meu Mundo É Esse, de Márcia Cabral (15’), Brasil;
Um Casamento, uma Revolução, de Debra Chasnoff (19’), EUA;
Pronta?, de Katherine Wilkinson (17’), Austrália;
Olhos nos Olhos, de Jennifer Abod (27’), EUA.

19h – Mix Jovem (Programa de curtas, 91’). 12 anos.
Cristal Love, de Antonio Sobral (7’), Brasil;
Espelho de Verão, de Etienne Desrosiers (14’), Canadá;
Groucho, de Medardo Amor e Ángel Luis Rodríguez Suárez (20’), Espanha;
O Manual, de Sarah Spillane (15’), Austrália;
Outland, de John Richards (25’), Austrália;
Donny & Ginger, de Jon Bush (10’), EUA;
Pariah, de Dee Rees (28’), EUA.

Espaço Unibanco de Cinema
SALA 1
23h – Satyricon, de Federico Fellini (129’), França/Itália. 18 anos.
SALA 2
0h – Incrível História do Cinema Gay, de André Schäfer (90’), Alemanha. 12 anos.

 

15/11 – QUINTA-FEIRA

Centro Cultural da Juventude
20h – Mostra Competitiva Brasil II (Programa de curtas, 95’). 18 anos.
Se Pá…, de Dácio Pinheiro, Ed Andrade, Carolina Gold, Luciana Taliani, Rick Castro, Marina Meirelles e Lau Neves, (15’), São Paulo, Brasil;
Operação Camuflagem, Leonardo Ayres (8’), Rio de Janeiro, Brasil;
Flores de 70, de Vinicius Cruxen (22’), Porto Alegre, Brasil;
69 – Praça da Luz, de Joana Galvão e Carolina Markowicz (21’), São Paulo, Brasil;
Algolagnia, de Túlio Bambino (29’), Rio de Janeiro, Brasil.

Cine Olido
13h – A Hora das Estrelas (Programa de curtas, 80’). 12 anos.
Maison Guilda, de Marcelo Sousa Brito (5’), Brasil;
Shirley Pepsi & os The Liquidificator, de Geraldo Blay Roizman (4’), Brasil;
Elke no País das Maravilhas, de Solange Maia (15’), Brasil;
Sophia, de Dácio Pinheiro (5’);
OUTBallroom, de Auriel (23’), EUA;
Garoto do Interior, de Moby Longinotto (14’), Reino Unido;
Elke, de Julia Rezende (14’), Brasil;
Um dia na vida de uma estrela, de Ricky Mastro (15’), Brasil.

17h – Crônica de Um Amor Louco (Programa de curtas, 75’). 16 anos.
Pipas, de Dado Amaral (12’), Brasil;
Questões de Pele, de Maria Carolina Prado Lage e Carol Prado (14’), Brasil;
A Gente Sente, de Katia Kieling (6’), Brasil;
Nossa Paixão, de Leandro Duarte e Rui Calvo (6’), Brasil;
Goodbye, Norma, de Roberto Francisco (15’), Brasil;
A Vida ao Lado, de Gustavo Galvão (13’), Brasil;
Faça sua Escolha, de Paulo Miranda (7’), Brasil.

19h – O Viciado em C…, de Roberto Fedegoso aka David Cardoso (80’), Brasil.18 anos.

Cinesesc
14h – Tigres Selvagens, de Cam Archer (93’), EUA. 16 anos.

20h – Como Ladrões, de Lionel Baier (112’), Suíça. 16 anos.

22h – Ai No Kusabi, de Akira Nishimori e Katsuhito Akiyama (109’), Japão. 16 anos.

Espaço Unibanco de Cinema
SALA 1
15h – Cowboy Forever (Programa de curtas, 74’).12 anos.
Cheiro da terra, de Mark Christopher (12’), EUA;
Cowboy Forever, de Jean-Baptiste Erreca (27’), França;
Flutuante, de Kareem Mortimer (35’), Bahamas.

17h – Trash-O-Rama (Programa de curtas, 70’). 16 anos.
What What (No C*), de Brownmark Films (4’), EUA;
Dancinha do Peitão, de Tonnette Stanford (7’), Austrália;
Gorilices, de James Martin Charlton (8’), Reino Unido;
Comunicador, de Björn Schürmann (11’), Alemanha;
Wang x O Mal, de Michelle Pollino (8’), EUA;
Os Perfeitos, de Matt Johnstone e Nao Bustamente (8’), EUA;
Transgender Express, de Laure Schwarz (10’), Suíça;
Kali Ma, de Soman Chainani (14’), Índia/EUA.

19h – Almôndega de Bofes & v.o., de William E. Jones (29’, 59’), EUA. 18 anos.

21h – Shabnam Mousi, de Yogesh Bhardwaj (150’), Índia. 12 anos.

SALA 4
14h – Espelho Meu, de Zemirah Moffat (59’), Reino Unido; abre o curta: Aos Rebeldes Sexuais, de Anita Schoepp (9’), Canadá. 18 anos.

16h – História de Gad Beck, de Carsten Does (100’), Alemanha. 12 anos.

18h – Na Alegria e na Tristeza, de Sebastian Córdoba (76’), EUA. 12 anos.

20h – A Cantiga do Tic-Tac, de Lisa Gornick (73’), Reino Unido. 12 anos.

22h – Com Gilbert & George, de Julian Cole (104’), Reino Unido. 16 anos.

 

16/11 – SEXTA-FEIRA

Centro Cultural da Juventude
20h – Crônica de Um Amor Louco (Programa de curtas, 75’). 16 anos.
Pipas, de Dado Amaral (12’), Brasil;
Questões de Pele, de Maria Carolina Prado Lage e Carol Prado (14’), Brasil;
A Gente Sente, de Katia Kieling (6’), Brasil;
Nossa Paixão, de Leandro Duarte e Rui Calvo (6’), Brasil;
Goodbye, Norma, de Roberto Francisco (15’), Brasil;
A Vida ao Lado, de Gustavo Galvão (13’), Brasil;
Faça sua Escolha, de Paulo Miranda (7’), Brasil.

Cine Olido
13h – Meu Mundo É Esse (Programa de curtas, 83’). 12 anos.
Aly M, de Adrian Francis (5’), Austrália;
Meu Mundo É Esse, de Márcia Cabral (15’), Brasil;
Um Casamento, uma Revolução, de Debra Chasnoff (19’), EUA;
Pronta?, de Katherine Wilkinson (17’), Austrália;
Olhos nos Olhos, de Jennifer Abod (27’), EUA.

17h – Badalu’s Selects (Programa de curtas, 112’). 16 anos.
Cut, de Royston Tan (12’), Cingapura;
Escolha, de Patrick Lim (23’), Malásia;
Quieto, de Lucky Kuswandi (15’), Indonésia;
The Last Full Show, de Mark V. Reyes (18’), Filipinas;
O Show da Vida, de Thunska Pansittivorakul (10’), Tailândia;
Gafanhoto, de Victric Thng (4’), Cingapura;
O Casamenteiro, de Cinzia Puspita Rini (10’), Indonésia;
24 Hrs, de Royston Tan (8’), Cingapura;
Juntois, Victric Thng (1’30”), Cingapura.

19h – História de Gad Beck, de Carsten Does (100’), Alemanha. 12 anos.

Cinesesc
14h – Poderoso Chefão da Discoteca, de Gene Graham (90’), EUA. 12 anos.

20h – Desaparecido: Danny Williams na Factory de Warhol, de Esther Robinson (75’), EUA. 16 anos.

22h – A de Amor, de Casper Andreas (85’), EUA. 16 anos.

0h – Eterno Verão, de Leste Chen (95’), Taiwan. 12 anos.

Espaço Unibanco de Cinema
SALA 1

15h
– Incrível História do Cinema Gay, de André Schäfer (90’), Alemanha. 12 anos.

17h – A Cantiga do Tic-Tac, de Lisa Gornick (73’), Reino Unido. 12 anos.

19h – Lírios D´Água / Naissance des Pieuvres / Water Lillies

21h – Triple X Selects: The Best of Lezsploitation (48’), EUA. 18 anos.

23h – Spider Lilies, de Zero Chou (98’), Taiwan. 14 anos.

1h (dia 17) – A Turminha das Sapinhas de Tetinhas Pequeninas, de Jamie Babbit (87’), EUA. 12 anos.

SALA 4
14h – Maple Syrup I (Programa de curtas, 61’). 12 anos.
Últimas Palabras, de Joe Balass (7’), Canadá;
O Garoto Mais Triste do Mundo, de Jamie Travis (14’), Canadá;
A Trilogia da Tendência / The Patterns Trilogy (Tendência I / Patterns I, Tendência II / Patterns II, Tendência III / Patterns III), Jamie Travis, 2005-2006, Canadá, (40’)

16h – O Mundo Maravilhoso das Drags, de Amir Jaffer (85’), EUA; abre o curta: Caminhada, de Matthew Snead (3’), Reino Unido. 16 anos.

18h – Hatsu-koi, de Imaizumi Koichi (97’), Japão. 16 anos.

20h – The Cockettes, de David Weissman e Bill Weber (100’), EUA. 16 anos.

22h – Gay Noir (Programa de curtas, 103’). 16 anos.
Alto Risco, de Nahuel Losada (10’), Espanha;
Aquarela da Fama, de Darren Stein (18’), EUA;
Casa da Mami, de Aron Kantor (19’), EUA;
Gay Zombie, de Michael Simon (20’), EUA;
Lucky, de Dan Faltz (6’), EUA;
Possessão, de Hervé Joseph Lebrun (24’), França;
Rabo de Foguete, de Hilari Scarl (8’), EUA.

0h – Pussy Galore (Programa de curtas, 76’). 18 anos.
Dobre-se, de Jules Nurrish (3’), Reino Unido;
Sonhos de Um Dia de Verão, de Mary Guzman (10’), EUA;
Trégua para Piece of Ass, de Bruce LaBruce (16’), Canadá;
Joy Stick Joy, de Xplastic Altporn (4’), Brasil;
Garota do Barulho, de Catherine Corringer (16’), França;
P* Trepada, de Fradelizi Florence (3’), França;
Desbravando o Pornô para as Sapas, de Brian Lilla (24’), EUA.

Para ver a programação completa, acesse o site.

Anúncios

Comente aqui!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s