I SUITE PARA VIOLONCELO SOLO DE J. S. BACH

J.Gar.Cia Dança Contemporânea apresenta I Suite para Violoncelo Solo de J.S.Bach

A J.Gar.Cia Dança Contemporânea, uma das mais ativas e conhecidas companhias de dança de São Paulo, comemorará seus 10 anos de existencia com uma série de espetáculos em sua sede, a Capital 35.

Em 2015 a J.Gar.Cia Dança Contemporânea comemora 10 anos de atividades. A J.Gar.Cia Dança Contemporânea foi criada em 2005 pelo diretor e coreógrafo Jorge Garcia, e surgiu da proposta do coreógrafo de criar sua própria linguagem de dança. Residente em São Paulo, a Cia. desenvolve uma pesquisa em dança que busca novas possibilidades de vigor e sensibilidade dos artistas, valorizando o intérprete como criador em potencial. Desde sua formação, tem desenvolvido uma linguagem própria em sua abordagem coreográfica, estética e temática, levantando questões sobre o corpo e o ambiente em que é inserido, suas possibilidades e como transformá­lo.

Entre abril e maio a cia. apresentará a obra “I ​Suite para Violoncelo Solo de J.S.Bach”, que contará com a participação especial do violoncelista Dimos Goudaroulis.

SOBRE O ESPETÁCULO

A partir do projeto “Logos ­ Diálogos”, idealizado por Dimos Goudaroulis, primeiro violoncelista a gravar as 6 Suites de J.S. Bach segundo o manuscrito de Anna Magdalena Bach, surgiu a proposta de unir a linguagem de J.S.Bach com a contemporaneidade do coreógrafo Jorge Garcia e demais bailarinos da cia., buscando expressar através do corpo todos os segredos, símbolos, argumentos e diálogos interiores que incitam inúmeras interpretações desta obra.

A I Suite para Violoncelo Solo de J.S.Bach mergulha na criação do universo, onde o músico surge como Criador e a música como Verbo, e estão no centro do espetáculo, com os bailarinos dançando em espiral à sua volta, com movimentos inspirados na rotação do universo e na dinâmica de seus dedos esquerdos. De acordo com Dimos Goudaroulis “Convidar o Jorge Garcia ­ com sua arte tão original e pessoal, seu virtuosismo, sua linguagem contemporânea e teatral, seu olhar inquieto ­ para coreografar a primeira Suite, a Suite do Gênesis e abertura da obra inteira, foi uma escolha completamente natural e obrigatória!

Juntos pensamos neste simbolismo da Suite I, escrita em Sol Maior, tonalidade quente e luminosa, solar: o Gênesis, a Criação do mundo e do universo em 6 dias/6 movimentos; o Logos, o Verbo, a música de Bach, o som impalpável da onde nasce o gesto, o movimento, a vida, a criação; o Criador e a criatura; o Homem e a Mulher; mas também uma inquietação escondida, a angústia da premonição da Queda e do destino amargo do homem aqui na terra.”

Fotografia: Eliana Souza

DATAS E LOCAL

As apresentações de I Suite para Violoncelo Solo de J.S.Bach acontecerão a partir de 13 a 16 de maio, quarta a sábado, às 21h.

Todas as apresentações ocorrerão na Sede de J.Gar.Cia Dança Contemporânea, a Capital 35. Este espaço vem se tornando um importante centro de atividades culturais relacionadas à dança, teatro, música, artes plásticas e outras linguagens artísticas. O ponto chave da Capital 35 é o intimismo que a espaço proporciona: é uma casa antiga e charmosa localizada em Perdizes, onde o público se sente à vontade e tem um contato direto com os bailarinos que, se não estão se apresentando, estão circulando pela casa, conversando com o público­visitante, ou servindo as bebidas e os quitutes que são vendidos na cozinha da casa nos dias de espetáculo.

Este clima despojado traz novos ares à dança contemporânea, despindo­a de seu caráter distante e proporcionando ao público uma experiência de proximidade com a obra e com os artistas, o que torna o ato de assistir um espetáculo de dança algo muito mais afetivo e acolhedor. É um desejo da J.Gar.Cia manter o a Capital 35 como um espaço multiartístico aberto, vivo e pulsante, expandindo cada vez mais sua programação e proporcionando para seus frequentadores diários e eventuais, novas e agradáveis vivências.

Fotografia: Eliana Souza

FICHA TÉCNICA

Direção e Coreografia: ​Jorge Garcia | Criação do Projeto Logo­diálogos e violoncel​o: Dimos Goudaroulis | Trilha sonora: ​I Suíte para Violoncelo de J.S. Bach | Assistência de direção e ensaiador: ​Edson Fernandes | Elenco: Amanda Raimundo, Jorge Garcia, Willy Helm, Natasha Vergílio, Marina Matheus e Rafaela Sahyoun | Criação original de Iluminação: ​Joyce Drummond | Adaptação de Iluminação:​Ari Buccioni | Cenário e Figurino:​Fábio Namatame | Registro do processo e Investigação:​Carolina Sudati | Registro em Vídeo: ​Osmar Zampieri | Fotografia: ​Silvia Machado e Eliana Souza | Cria da Casa Art Productions | Produção Executiva:​Priscila Wille | Coordenação de Produção:​Aline Grisa | Assessoria de imprensa: Natacha Maurer

O QUÊ?

I Suite para Violoncelo Solo de J.S.Bach

Classificação:​16 anos

Duração do espetáculo: ​55 minutos

QUANDO?

De 13 a 16 de maio de 2015, de quarta a sábado, às 21h.

A cozinha abre das 20h às 21h, e retoma suas atividades após o término do espetáculo até às 23h.

QUANTO?

INGRESSOS:​R$ 20 (inteira) / R$ 10,00 (meia)

* Destacamos que o espaço Capital 35 tem capacidade para 30 pessoas, por isso é necessário reservar o ingresso com antecedência.

Para reservar, escreva para: reservas@ciajgarcia.com.br. Aceita-­se dinheiro e cartão de débito.

ONDE?

​Capital 35

Rua Capital Federal, 35 – Sumaré, São Paulo, SP, BR.

 

Colaboração de: Natacha Maurer | Publicado por Darlene Carvalho

Comente aqui!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s