OCUPAÇÃO CORPO DE VENTO NA CASA DO SERTANISTA

Com três performances fugaku (fu significa vento, e gaku, alegria, caminho da arte) – “Rio Adentro”, “Cada Passo” eHikari no mizu ni – Na Água Luminosa” – o Núcleo Fu Bu Myo In, dirigido por Toshi Tanaka, comemora 20 anos na Casa do Sertanista, uma das casas-Museus da cidade, construída em meados do século XVII, no Bairro do Caxingui, zona Oeste.  As apresentações, que começam no dia 19 de março, se estendem até maio, reservando dois finais de semana (sábados e domingos, sempre às 15h), para cada um dos três trabalhos. A entrada é gratuita.

corpo-de-vento-1

“Rio adentro”, performance de Ciça Ohno que tem como tema o fluxo das águas, estreia a temporada com apresentações nos dias 19 e 20 de março e 2 e 3 de abril. O trabalho, iniciado em 2015, com apresentação experimental na SP Escola de Teatro, é uma imersão na natureza do corpo que reverbera em movimento, sonoridade, poesia, cerâmica ecaligrafia (sho).

A segunda performance da série, “Cada passo”, será apresentada em dois fins de semana consecutivos de abril: dias 16, 17, 23 e 24/4. Inspirada na prática do Zazen – meditação Zen Budista –, revela a busca do caminhar com as próprias pernas, “o caminhar respirando a terra sob os pés, aqui e agora, que é tudo que existe”, reflete Fernanda Mascarenhas.

Toshi Tanaka encerra o projeto com uma releitura de “Hikari no mizu ni – Na água luminosa”, nos dias 30/4 e 1/5; e em 14 e 15/5. O trabalho investiga a vida da palavra no corpo, originando a dança, o canto e ao sho (caligrafia). Apresentada no Japão, em 2012, “Hikari no mizu ni…” foi gravada e lançada pelo Estúdio Eine Kleine Nachtmusik, no Japão, em 2013.

corpo-de-vento-12

Corpo de vento

Sob orientação de Toshi Tanaka, o Núcleo Fu Bu Myo In vem pesquisando as possibilidades da técnica do-ho, aplicada aos vários campos da arte – dança, shodo, som e voz. A base do trabalho é mudar o estado do corpo em vento por meio do kata, uma experiência que existe na cultura japonesa: “O corpo de vento é a terra de onde podem brotar várias sementes de artes desconhecidas”, avalia Toshi Tanaka, mestre em Performance no curso de Artes do Corpo, da PUC/SP.

A Casa do Sertanista foi uma escolha pontual para os artistas do Núcleo. “Suas paredes de taipa de pilão, o chão de terra batida e a luz natural são um cenário bastante propício para abrigar as performances que, de certa forma, apontam para um resgate de uma sabedoria baseada na sensação corporal de vento, perdida pelo processo de modernização e consequente mecanização dos movimentos”, pondera Tanaka.

Entremeando o período de apresentações, serão oferecidas, no mesmo local, oficinas gratuitas relacionadas com o processo de criação das performances: “Corpo de barro”, ministrada por Ciça Ohno, no dia 22 de março, e “A escuta do movimento”, por Fernanda Mascarenhas, no dia 5 de abril, ambas no período das 9h às 13h.

As apresentações e as oficinas compõem o projeto Corpo de Vento foi contemplado pelo 16º edital do Programa de Fomento à Dança para a Cidade de São Paulo.

Ficha Técnica:
Núcleo Fu Bu Myo In: Toshi Tanaka, Ciça Ohno, Fernanda Mascarenhas e Angelica Figuera / Orientação corporal: Toshi Tanaka / Instalação cênica, iluminação e figurino: Núcleo Fu Bu Myo In / Shos (caligrafias): Toshi Tanaka e Ciça Ohno / Cerâmica: Ciça Ohno / Tingimento em tecido e artes gráficas: Fernanda Mascarenhas / Foto: Rogério Ortiz / Vídeo: Gum Tanaka / Produção executiva: Núcleo Fu Bu Myo In / Coordenação e produção geral: Ciça Ohno

Para saber mais: www.jardimdosventos.com.br + www.yamimimi.com


O QUÊ? QUANDO?

Projeto Corpo de Vento – 20 anos do Núcleo Fu Bu Myo In
Performances: sábados e domingos, sempre às 15h.

  • Rio adentro”, de Ciça Ohno
    Dias 19 e 20/3; 2 e 3/4 – 50 min.
  • Cada passo”, de Fernanda Mascarenhas com o Núcleo Fu Bu Myo In
    Dias 16, 17,   23 e 24/4 – 50 min.
  • Hikari no mizu niNa água luminosa”, de Toshi Tanaka.
    Dias 30/4, 1, 14 e 15/5 – 60 min.

Oficinas

  • Corpo de Barro
    Ciça Ohno sobre o processo criativo da performance “Rio adentro”
    Dia 22/3, das 9 às 13h.
  • A escuta do Movimento
    Fernanda Mascarenhas sobre o processo de criação da performance “Cada passo” baseado na prática do Zanzen e do Do-ho.
    Dia 05/4, das 9 às 13h.

Indicação: Livre

QUANTO?

Grátis. Lotação: 40 pessoas.

ONDE?

Casa do Sertanista

Praça Dr. Enio Barbato – Caxingui – subdistrito do Butantã

Fone: 37266348 


Colaboração de Elaine Calux | Publicação de Darlene Carvalho

OFICINA: LABORATÓRIO DE CRIAÇÃO CORPO UM LUG@R NÔMADE

Inscrições abertas para atividades do Projeto CORPO UM LUG@R NÔMADE

Clique na imagem abaixo e para acessar o site da Cia. Corpos Nômades. 

corpo-um-lugar-oficina

Se você é profissional de dança e teatro (com forte vivência corporal) não perca a chance de integrar a equipe de artistas que apresentarão o projeto “Corpo Um Lug@r Nômade” na VIII Mostra Lugar Nômade de Dança nesse ano, 2015, depois da temporada no Espaço Cênico O Lugar.

Duração:

5 meses, divididos em duas fases: 2 meses de preparação corporal e 3 meses de criação coreodramatúrgica.

Número de vagas:

25.

Período:

18h às 20h — Julho e Agosto
18h às 20h — Setembro e Outubro
Todas as segundas, quartas e sextas.

Público-Alvo:

Intérpretes profissionais da dança e do teatro (com uma forte vivência corporal).

Inscrições até 26/06/2015.

Enviar currículo resumido e carta de interesse para o email: ciacorposnomades@gmail.com com assunto “Laboratório de Criação Corpo Um Lug@r Nômade”.

Mais informações no site: www.ciacorposnomades.art.br

Publicado por Darlene Carvalho

LISTENING TO THE SHEEP SLEEPING

casa-das-rosas-sheep

Traduzindo: ‘Ouvindo o sono da ovelha’, esse é o nome da performance criada pelo artista Alexandre D’Angeli, em cartaz na Casa das Rosas. A proposta é interessantíssima!

Cada participante é convidado a se deitar em uma cama de casal ao lado de Félix, um “homem carneiro”, e ouvir um texto que diz respeito à vida de sua figura híbrida.

O público poderá escolher entre quatro textos (de cinco minutos cada) que foram gravados e disponibilizados em áudio por meio de aparelhos de mp3 e fones de ouvido. Escritos por Caco Galhardo, os textos narram situações cotidianas que resvalam em “grandes questões” a respeito de Félix. Não há tempo determinado para cada contato, apenas a regra de que se escute um texto por vez, sendo necessário sair e voltar para ouvir os demais.

(Release: Casa das Rosas)

Vamos?

casa-das-rosas-sheep-1

O Quê?

Performance: Listening To The Sheep Sleeping

Quando?

Sextas-feiras.
16, 23 e 30/01/2015 às 20h.

→ Clique aqui, confirme sua presença e compartilhe esse evento no Facebook!

Quanto?

Grátis.
Retirar o ingresso uma hora antes do evento.

Onde?

Casa das Rosas – Espaço Haroldo de Campos de Poesia e Literatura
Avenida Paulista, 37 – São Paulo
Telefone: (11) 32856986
www.casadasrosas.org.br

Publicado por Darlene Carvalho

ESPETÁCULOS PARA ADULTOS E CRIANÇAS NA CAIXA CULTURAL

VRUM + VRUMVRUMZINHO

De 03 a 12 de Outubro de 2014, quinta-feira a domingo, às 19h15.

vrum

Dois espetáculos multimídia, sendo um para adultos e outro voltado para o público infantil. As performances abordam a saturação e o movimento das cidades contemporâneas.

O Quê? Quando?

VRUM

— Dias 3, 4, 5, 9, 10 e 11 de Outubro às 19h15.
VRUMVRUMZINHO

— Dias 3, 4, 5, 9, 10, 11 de Outubro às 14h30. Dia 12 de Outubro, dia das crianças, às 10h30 e 16h30.

Classificação indicativa: VRUM (12 anos) / VRUMVRUMZINHO (Livre)

Quanto?

Grátis — Ingressos disponíveis 1h antes do evento.

Onde?

Caixa Cultural São Paulo

Praça da Sé, 111 – São Paulo – SP

Publicado por Darlene Carvalho

RIZCO FARÁ DUAS APRESENTAÇÕES EM SÃO PAULO NESTE FINAL DE SEMANA

O grupo intitulado RIZCO, formado por Thiago Salas, fará duas apresentações em espaços culturais da capital Paulista nos dia 21 e 22 de junho.

1ª Apresentação

No dia 20 de junho às 21h na série [ibr66] do Ibrasotope, será apresentada a performance “Rabizco Poético” junto do escritor Ray Alexandre que fará a récita de textos de sua própria autoria, em conjunto com a sonoridade ruidosa da improvisação de Thiago Salas e Lucas Almeida aos violões e pífanos, o projeto contará ainda com participação do trompetista Romulo Alexis.
http://www.condominiocultural.org.br/
Rua Bica de Pedra, 141 – Vila Anglo / Pompéia
15h – GRÁTIS

2ª Apresentação

No sábado dia 21 de junho a partir das 15h, no Condomínio Cultural, o RIZCO realizará uma sessão de improvisação livre utilizando-se de tecnologia eletrônica manufaturada/artesanal e instrumentos musicais como pífanos, flautas, violões e anexos.
http://ibrasotope.blogspot.com.br/
Rua Januário Maraglia, 43 – Vila Nova Conceição
21h – R$ 10

 

RIZCO | Fotografia por Maína Fantini

Idealizado por Thiago Salas e Lucas Almeida, o Rizco tem desenvolvido atividades artísticas em improvisação musical, explorando aspectos e sonoridades de instrumentos sonoro-musicais por meio de composições instantâneas, técnicas estendidas, e preparação dos instrumentos. Iniciado em meados de 2011, o Rizco vem estabelecendo parcerias com outros músicos, artistas visuais, poetas e performers na construção de ações que hibridizam e integram linguagens tendo a improvisação como ponto comum da relação.

Colaboração de Rizco

FESTA JUNINA

Com 25 anos de história, o CAM- Colégio Internacional Anhembi Morumbi promove sua tradicional festa junina no dia 7 de junho, das 11h00 às 18h00. A expectativa é que o evento reúna dois mil participantes, entre alunos, pais, professores e pessoas da comunidade.

No ano da Copa do Mundo, a festa junina do CAM estará vestida de verde e amarelo e, a exemplo das 32 seleções que vem para o campeonato, fará uma viagem pelas regiões brasileiras.  Por meio de danças, ritmos, brincadeiras, trajes e culinária típica, o Colégio dará enfoque à nossa cultura.  Graças ao apoio da comunidade e de empresas parceiras, serão sorteados diversos prêmios ao longo da festa.

Os convites já estão à venda por R$ 5,00, para compra antecipada, e R$ 10,00, para quem adquirir na hora.  Uma parte da arrecadação será destinada a casas assistenciais e de inclusão social como creches, orfanatos, asilos e cooperativas de catadores de lixo.  Crianças abaixo de 7 anos não pagam.

O Quê?

Festa Junina

Quanto?

Ingresso antecipado: R$ 5

*Crianças abaixo de 7 anos não pagam.

Quando?

7 de junho de 2014, das 11h às 18h.

Onde?

CAM – Colégio Anhembi Morumbi

Rua Michigan, 962 – Brooklin – São Paulo – SP

 

Colaboração de Rita Silva

PERFORMANCE POÉTICA / IMPROVISAÇÃO LIVRE

PERFORMANCE POÉTICA / IMPROVISAÇÃO LIVRE

Rizco. Fotografia: Maína Fantini

O trabalho intitulado Rabizco Poético é uma das ações do Rizco e tem sido desenvolvido a partir do encontro entre o duo – Thiago Salas e Lucas Almeida – e as atividades performativas do poeta Raydson Alexandre. Na intenção de criar planos de consistência para unir a livre improvisação musical e a performance poética, o grupo vem elaborando técnicas de comunicação nesta arte que pretende relacionar conexões gestuais, semânticas e sonoras entre corpos, palavras e sons. A apresentação visa conjugar as explorações sonoras não convencionais dos violões e outros instrumentos com a locução dos textos poéticos, buscando, na performance instantânea, uma comunicação entre a sonoridade das palavras e significação do ruído.

rizco _thiago salas _fotografia por Maína Fantini

Thiago Salas

É membro do Projeto Aquarpa, sediado no Laboratório de Construção de Instrumentos Musicais do Departamento de Artes e Comunicação da UFSCar onde desenvolve pesquisa sobre luthieria eletrônica, performance e criação musical. Tem participado de diversos espaços artísticos e festivais como FILE – Festival Internacional de Linguagem Eletrônica (São Paulo, BR); Contato – Festival Multimídia Colaborativo (São Carlos, BR); DIA – Dutch Impro Academy (Amsterdam, NL); Zomer Jazz Fiest Tour (Groeninger, NL); Encuentro Internacional de Guitarra La Falda (Córdoba, AR); MIA – Festival de Musica Improvisada de Atouguia da Baleia (Peniche/Lisboa, PT); entre outros. Desde março de 2012 tem atuado nas realizações do Circuito de Improvisação Livre de São Paulo viabilizando performances públicas em improvisação incluindo artistas brasileiros e estrangeiros. Desde 2007 leciona nas disciplinas Teoria Musical, Percepção Musical, e Violão Clássico no Conservatório Musical Leopoldo Miguez.

Lucas Almeida

Possui experiência na área de Artes, com ênfase em performance musical. Tem desenvolvido trabalhos em Arte Sonora e luthieria experimental junto ao Projeto Aquarpa, no Laboratório de Construção de Instrumentos Musicais do Departamento de Artes e Comunicação da Universidade Federal de São Carlos. Realizou performances como multi-instrumentista em eventos como Festival Internacional de Linguagem Eletrônica (FILE), Semana do Audiovisual Latino-americana (SEDA) e Festival Multimídia Colaborativo (CONTATO), além de participar de apresentações promovidas pelo coletivo Circuito de Improvisação Livre na cidade de São Paulo. É um dos idealizadores do duo Rizco, promovendo gravações e apresentações públicas no âmbito da improvisação contemporânea com artistas de diversas linguagens.

Raydson Alexandre

Tem experiência na área de Artes e Educação, com ênfase em música. Adquiriu uma experiência artística bastante diversificada, tendo exercido atividades como percussionista, violonista, performance em improvisação musical contemporânea, e performance poética. Escreve poesias desde 2008, publicadas e divulgadas em mídia digital (blog). Participou de Saraus na região de São Carlos, como músico convidado, como poeta e compositor. Atualmente desenvolve trabalhos de performance poética e improvisação musical através do projeto Rabizco Poético, idealizado pelo grupo Rizco, e de luteria experimental e composição em música eletroacústica junto ao Projeto Aquarpa, desenvolvido no laboratório de Construção de Instrumentos Musicais do Departamento de Artes e Comunicação da UFSCar.

O Quê?

RABIZCO POÈTICO

Quando?

Sexta-feira, 21/02/2014, às 21h.

Quanto?

Grátis

Onde?

R. Luis Murat, 40 – Pinheiros – SP
Colaboração de Thiago Salas