OFICINA DE DESENHO GRATUITA NO MUBE

OFICINA DE DESENHO NO MUBE - GRÁTIS

A exposição Crisálidas do artista Francisco Rosa está no MUBE. A oficina faz parte dessa programação. É gratuita e não precisa de inscrição antecipada.

O Quê?

Oficina de Desenho com Francisco Rosa

Quando?

Quarta-feira, 19 de Março de 2014, 16h às 17h.

Quanto?

Grátis

Onde?

MUBE — Museu Brasileiro da Escultura
Av. Europa, 218, Jardim Europa, São Paulo, SP

Publicado por Darlene Carvalho

O QUE TEM NA CAIXA ATÉ DOMINGO?

O QUE TEM NA CAIXA ATÉ DOMINGO?

EXPOSIÇÃO: AMOR PAIXÃO

EXPOSIÇÃO: AMOR PAIXÃO

Nesse sábado em São Bernardo do Campo acontece a abertura da exposição AMOR PAIXÃO — LIEBE LEIDENSCHAFT 2013 com desenhos, pinturas, fotografias e instalações construídas a partir do conceito do amor para artistas brasileiros e alemães; curadoria da artista plástica Damara Bianconi.

“Promovida pela “Ponte Cultura”, instituição cultural nascida há 20 anos com o intuito de promover a arte contemporânea e encontros entre artistas preocupados e engajados em dialogar sobre os grandes temas da atualidade, o evento conta ainda com palestras do curador alemão Günter Braunsberg sobre a cidade de Nuremberg, capital da arte alemã desde o Renascimento, e da artista plástica Gabi Wahl, sobre as Kulturläden, centros culturais em antigas residências e castelos que viraram referência como espaços de inspiração artística. Ainda no dia da inauguração, as artistas Ana Cristina Mendes e Nathalie Fari apresentarão “em espera”, um diálogo performático entre Fortaleza/Berlin.” (Release)

Artistas participantes:

Agda Carvalho
Ana Cristina Mendes
Anna Handick
Coca Rodriguez
Damara Branconi
Edilson Ferri
Fernanda Amalfi
Fred Ziegler
Gerlinde Pistner
Helena Carvalhosa
James Kudo
Leila de Sarquis
Liz Miller
Maíra Ortins
Margot Villares
Marianne Stüve
Nathalie Fari
Renate Gehrcke
Renato Brancatelli
Selma Daffré
Tevauha

O Quê?

Exposição: Amor Paixão — Liebe Leidenschaft 2013

Quando?

14/09 a 17/11/2013.
Abertura: Sábado, 14 de Setembro de 2013, a partir das 16h.

Quanto?

Grátis

Onde?

Pinacoteca de São Bernardo do Campo

Rua Kara, 105 – Jardim do Mar – Centro de São Bernardo do Campo – SP (mapa)

Telefone: (11) 4125-4056

Terça a sábado, 9h às 17h. Quinta até 20h30.

Publicado por Darlene Carvalho

WILL EISNER NO CCSP

Ainda dá tempo de visitar a exposição com obras do Will Eisner no CCSP em comemoração aos 20 anos de Gibiteca Henfil. São mais de 100 desenhos originais de sua coleção, uma estátua em bronze de seu personagem Spirit (exposta pela 1ª vez) e três histórias completas em que constam seus últimos desenhos.

O Quê?

Exposição: O espírito vivo de Will Eisner

Curadoria: Marisa Furtado
Apoio:  Curadoria de Artes Visuais e Divisão de Bibliotecas  

Quando?



Até domingo, 18 de Dezembro de 2011.
Quinta e sexta, das 10h às 20h; sábado e domingo, das 10h às 18h.

Quanto?

Entrada franca.

Onde?

Centro Cultural São Paulo (CCSP) – Piso Flávio de Carvalho

Endereço: Rua Vergueiro, 1000 – Paraíso (Uma das saídas do Metrô Vergueiro)

Por Darlene Carvalho 

II SARAU TAPUMARIA

Olá, pessoal!
Convidamos a todos para o II Sarau Tapumaria.
O sarau acontece na “calçada” do prédio da Casa de Cultura da Penha (teatro e bibliotecas), em frente ao largo do Rosário e foi criado com o intuito de debatermos e nos manifestarmos acerca das obras do prédio que há muito tempo extrapolaram o prazo previsto.
Venham e tragam suas cenas, músicas, poemas, desenhos e o que mais lhes apetecerem!
É neste domingo, dia 04/11, a partir das 15h.
Até lá!

O Quê?

II Sarau Tapumaria

Quando?

Domingo, 04 de Dezembro de 2011, às 15h.

Quanto?

Grátis
Onde?
Largo do Rosário, 20 – Penha – São Paulo – SP (mapa)
(Próximo ao Shopping Penha)
Colaboração de Bárbara Esmenia
Agradecimento especial a Vera Lucia Dias pela revisão do texto. 

13ª CONVENÇÃO INTERNACIONAL DE TATUAGEM (OUTUBRO/2009)

divulgação-http://www.tattoobrazil.com.br

divulgação-http://www.tattoobrazil.com.br

A 13ª Convenção Internacional de Tatuagem em São Paulo é destino de quem gosta muito de tatuagem, piercing e afins. Acontecerá no próximo mês, Outubro/2009, no Espaço das Américas.

divulgação-http://www.tattoobrazil.com.br

divulgação-http://www.tattoobrazil.com.br

Pra quem nunca foi e tem curiosidade sobre o evento, veja a galeria de fotos e os vídeos publicados no site.

divulgação-http://www.tattoobrazil.com.br

divulgação-http://www.tattoobrazil.com.br

Quando?

Dias 16, 17 e 18 de Outubro de 2009.
A partir de 12h às 22h.

Quanto?

Ingresso para1 dia: R$20.
Ingresso para 3 dias: R$50.
V
endas somente nas bilheterias do Espaço das Américas.

Onde?

ESPAÇO DAS AMÉRICAS
Rua Tagipuru, 795 – Barra Funda – São Paulo – SP. (mapa)
Próximo ao Terminal Metrô/Rodoviário Barra Funda.

Detalhes importantes:

– Estacionamento no local.
– Acesso para deficientes.
– Vá de Metrô! Acesso pela estação Barra Funda.
– Proibida a entrada de animais.
– Proibida a aplicação de tatuagem e piercing em menores de 18 anos.
– Proibida a entrada de menores de 16 anos desacompanhados dos responsáveis.

Por Darlene Carvalho
Colaboração de Carlos Alberto Silva (Led’s Tattoo & Piercing)

A 13ª Convenção Internacional de Tatuagem do Brasil, acontecerá nos dias 16, 17 e 18 de outubro, no Espaço das Americas – Barra Funda – Proximo ao Terminal Metro/rodoviario Barra Funda, no horário das 12:00 as 22:00 h, nos tres dias.

ÚLTIMA SEMANA DA EXPOSIÇÃO: A ALMA GRÁFICA – BRENNAND DESENHOS | até 25 de maio, domingo.


Na CAIXA CULTURAL Paulista, até domingo, dia 25 de Maio, você pode visitar a exposição A Alma Gráfica: Brennand Desenhos com 59 desenhos e quatro esculturas. Essa exposição apresenta o lado menos difundido de Brennand: sua produção de desenhos, pois é um artista internacionalmente conhecido como um dos maiores escultores e ceramistas do mundo.

Francisco Brennand, Recife, PE, 1927
Mulher de Bengala (2000)
Mista sobre Papel, 30×23 cm.

O público e convidados têm acesso ao catálogo da exposição com as obras e desenhos de Brennand, organizado pelo curador Olívio Tavares com texto de introdução do biógrafo Weydson Barros. Nessa exposição há plotagens mostrando o atelier do artista em Recife.

Francisco Brennand, Recife, PE, 1927.
O Assassino (2002)
Bastão Aquarelado sobre Papel, 38×29 cm.

Do texto do curador Olívio Tavares sobre essa exposição:

“Através de seu livro de 2003, coube a Weydson Leal, como já sabemos, chamar a atenção para os desenhos, inclusive a do próprio artista (que sempre fez questão de lembrar a todos sua condição também de pintor, mas não a de desenhista). Mais ou menos na mesma época, Brennand mandava construir no espaço da Oficina a Accademia, um pavilhão especial para as obras bidimensionais; encontram-se lá hoje em torno de trezentas. A presente exposição constitui uma das duas primeiras só de desenhos (outra, bem menor, está acontecendo no Rio, na Academia Brasileira de Letras), e a primeira num circuito profissional, onde os desenhos passam a ter o exame atento que merecem. (…) Já no conjunto original se podia perceber o que esta exposição torna cristalino: da mesma maneira que na escultura, o universo e a figura feminina – e a sexualidade – constituem o centro de interesse do desenho. Mas em virtude da própria natureza mais lírica e intimista deste, o conjunto é menos monolítico. Há vários tipos de registros: do esboço à composição elaborada, do quase-rabisco à textura requintada, da observação do entorno imediato às situações imaginárias. A tragédia não está onipresente e é menos intensa do que nas grandes peças tridimensionais; geralmente aparece reduzida à morbidez, muitas vezes meio maldosa e equívoca. Nesses casos, uma linguagem de fundamento expressionista (como barroco-expressionista é também a linguagem das esculturas) fantasia e intensifica o colorido, deforma e machuca a figura, acrescenta-lhe um toque de grotesco. Simetricamente, uma linguagem quase realista serve para alguns retratos não-dramáticos e para imagens “de clima”. À sólida e sóbria beleza das Cretenses, por exemplo, superpõem-se o leve mistério de A Culpa e a deliciosa provocação de Juventude Estudiosa; por certo não é este o adjetivo que mais convém a esta ninfeta em posição perfidamente descuidosa. [1] Assim como Chapeuzinho Vermelho Vencedora salta com certa perversidade da história infantil para o topos do macho humilhado diante da Vênus triunfante.

Nos últimos anos, Brennand tem desenhado muito, com uma crescente liberdade e ousadia. Exibe um traço forte, viril, às vezes um pouco rude (deliberadamente). De outras vezes parece ter com o papel uma relação de amor e ódio; não costuma acariciá-lo e sim agredi-lo. Algumas obras são muito elaboradas e deixam transparecer o longo processo em que se gestam, outras guardam a espontaneidade do momento. Mas é tudo puro Brennand. Como que começando pelo avesso, ou por uma outra ponta do novelo, de novo ele desvenda seu universo denso. Tudo somado, revela-se aqui um desenhista original e maior, cuja alma gráfica se prova tão consistente quanto as outras. “

[1] Brennand tem enorme admiração pela obra de Balthus. Mais que pela pintura strictu senso, porém, tenho certeza de que é pelo universo de Balthus, povoado de ninfetas. Quanto às posições equívocas da nymphet, Vladimir Nabokov, o primeiro a estudá-la, em Lolita, salienta os gestos desajeitadamente sedutores como um de seus atributos específicos.

Francisco Brennand

Francisco Brennand interessou-se desde cedo pela pintura, tendo como mestre Álvaro Amorim. Entre os anos 1945/47, passou a estudar com La Greca. Na qualidade de legítimo representante da escola pernambucana de pintura, “revisa a estilização primitiva e arcaica, imprime a pureza da cor, filtra uma natureza telúrica e sensual em cada imagem que formula.”

Brennand distinguiu-se desde cedo nos Salões do Museu do Estado de Pernambuco, obtendo no ano de 1947 o primeiro Prêmio. Participou de inúmeras exposições individuais e coletivas – Bienais e Salões – no Brasil e no exterior.

Em 1977, o cineasta Fernando Monteiro dirigiu um curta metragem com título “Brennand: Sumário da Oficina pelo Artista”. O segundo trabalho cinematográfico sobre sua oficina foi dirigido por Jayme Monjardim, em 1980. Em seguida, Jeneton Moraes e Guel Arraes produzem o filme “Um Sonho Bárbaro / Francisco Brennand”.

Em 1993 é indicado pelo Conselho Superior de Cultura do país ao Prêmio Interamericano de Cultura Gabriela Mistral, que receberá em 1994 na sede da O.E.A.

CAIXA CULTURAL Galeria Paulista
Av. Paulista 2083 – Estação Consolação de Metrô
Telefone: (11) 3321-4400
Começou no dia 12 de abril e termina no dia 25 de maio de 2008.
Horário de visita: terça a sábado das 9h às 21h / domingo das 10h às 21h
Entrada franca.

Leia mais sobre a curadoria no restante do post.

Por Márcia Marques. Continue reading →