MOSTRA DE FILMES DO ALMODÓVAR NO MIS

tumblr_pyaso1ki8k1qcbsbho1_1280

O QUÊ?

QUANDO?

24 a 29 de Setembro de 2019 — Programação

24/09/2019

16h | Pepi, Luci, Bom e outras garotas de montão (Pepi, Luci, Bom y otras chicas del montón, dir. Pedro Almodóvar, 1980, 1h20, 18 anos, digital) | Auditório MIS

Pepi é uma moça moderna, criativa e amoral que vive perto da casa de Luci. Luci é uma típica dona de casa, submissa ao marido policial. Bom é violenta, perversa e muito jovem. Um acontecimento inesperado irá mudar o destino das três. E do policial.

17h | Matador (Matador, dir. Pedro Almodóvar, 1985-86, 1h36, 18 anos, digital) | Auditório LABMIS

Um toureiro precocemente aposentado, seu aluno ingênuo e perturbado, filho de uma mãe membro da Opus Dei, uma vizinha sedutora e uma misteriosa advogada. Em meio a uma onda de crimes sexuais em Madri, suas vidas se cruzam.

18h | Labirinto de paixões (Laberinto de pasiones, dir. Pedro Almodóvar, 1982, 1h40, 18 anos, 35 mm) | Auditório MIS

Os caminhos de Sexília, uma jovem ninfomaníaca, e Riza Niro, herdeiro de um derrotado imperador árabe, se cruzam em uma efervescente Madri. Música, violência, perseguições, espionagem e paixões são elementos que compõem essa história que pode ter ou não um final feliz.

19h | De salto alto (Tacones lejanos, dir. Pedro Almodóvar, 1991, 1h53, 16 anos, digital) | Auditório LABMIS

Becky del Páramo é uma famosa cantora que há quinze anos abandonou a filha, Rebeca, para investir na carreira. De volta à Espanha, surpreende-se ao descobrir que a filha agora é uma estrela da TV e está casada com seu antigo amante.

20h | Tudo sobre minha mãe (Todo sobre mi madre, dir. Pedro Almodóvar, 1999, 1h40, 14 anos, digital) | Auditório MIS

Após a morte prematura de Esteban, seu único filho, Manuela resolve retornar a Barcelona com um único intuito: encontrar o pai do menino, a travesti Lola. Cruzam seu caminho a travesti Agrado, a freira Rosa e a atriz Huma Rojo, estrela de uma montagem de Um bonde chamado desejo.

25/09/2019

16h | Os amantes passageiros (Los amantes pasajeros, dir. Pedro Almodóvar, 2013, 1h31, 14 anos, digital) | Auditório MIS

Um avião da companhia aérea Península enfrenta problemas durante um voo para o México. Todos os passageiros da classe econômica são dopados. Os únicos acordados são os da classe executiva, que decidem abrir o jogo sobre segredos de suas vidas pessoais ao perceberem que podem morrer.

17h | A flor do meu segredo (La flor de mi secreto, dir. Pedro Almodóvar, 1995, 1h42, 14 anos, digital) | Auditório LABMIS

Leo escreve romances cor-de-rosa sob o pseudônimo de Amanda Gris. Paralelamente, ela se sente infeliz, pois seu marido é um militar que está sempre no exterior. Quando seu casamento começa a entrar em crise, Leo se vê entrando em desespero, o que a faz beber e parar de escrever seus contos.

18h | Fale com ela (Hable con ella, dir. Pedro Almodóvar, 2002, 1h52, 14 anos, digital) | Auditório MIS

Dois homens apaixonados, duas mulheres em coma. O enfermeiro Benigno, pela bailarina Alicia; o escritor Marco, pela toureira Lydia. A vida dos quatro personagens flui em todas as direções, passado, presente e futuro, arrastando os quatro para um destino inesperado.

19h | Ata-me! (¡Átame!, dir. Pedro Almodóvar, 1989, 1h41, 18 anos, digital) | Auditório LABMIS

Ricky sai de um reformatório psiquiátrico e vai para um set de filmagens, onde Marina Osorio, uma ex-viciada em heroína e ex-atriz pornô que ele já conhecia, está rodando um filme de terror B. Após o término das filmagens, Ricky invade o apartamento de Marina e diz que quer ser seu marido e o pais de seus filhos.

20h | A pele que habito (La piel que habito, dir. Pedro Almodóvar, 2011, 2h13, 14 anos, digital) | Auditório MIS

Roberto Ledgard é um conceituado cirurgião plástico que vive com a filha Norma. Ela possui problemas psicológicos causados pela morte da mãe. O cirurgião pensa que a filha foi estuprada e elabora um plano para se vingar do suposto estuprador.

26/09/2019

16h | De salto alto (Tacones lejanos, dir. Pedro Almodóvar, 1991, 1h53, 16 anos, digital) | Auditório MIS

Becky del Páramo é uma famosa cantora que há quinze anos abandonou a filha, Rebeca, para investir na carreira. De volta à Espanha, surpreende-se ao descobrir que a filha agora é uma estrela da TV e está casada com seu antigo amante.

17h | Pepi, Luci, Bom e outras garotas de montão (Pepi, Luci, Bom y otras chicas del montón, dir. Pedro Almodóvar, 1980, 1h20, 18 anos, digital) | Auditório LABMIS

Pepi é uma moça moderna, criativa e amoral que vive perto da casa de Luci. Luci é uma típica dona de casa, submissa ao marido policial. Bom é violenta, perversa e muito jovem. Um acontecimento inesperado irá mudar o destino das três. E do policial.

18h | A lei do desejo (La ley del deseo, dir. Pedro Almodóvar, 1986, 1h40, 16 anos, 35 mm) | Auditório MIS

Pablo é um diretor teatral com um paixão não correspondida por Juan. Ao seu redor estão Tina e Antonio. Ela é atriz e sua irmã, que realizou uma operação de mudança de sexo anos antes para manter uma relação incestuosa com o pai; ele é um jovem de classe média com dificuldade em assumir sua homossexualidade.

19h | Mulheres à beira de um ataque de nervos (Mujeres al borde de un ataque de nervios, dir. Pedro Almodóvar, 1987, 1h35, 12 anos, digital) | Auditório LABMIS

Pepa é uma dubladora recém-abandonada por seu amante Ivan e se desespera tentando encontrá-lo. Sua amiga Candela busca ajuda, pois descobre que o namorado é um terrorista xiita e teme ser presa. A esposa de Ivan descobre a traição do marido e decide matá-lo.

20h | Volver (Volver, dir. Pedro Almodóvar, 2006, 2h01, 14 anos, digital) | Auditório MIS

Madri. Dias de hoje. Raimunda é uma jovem mãe, empreendedora e muito atraente, com um marido desempregado e uma filha em plena adolescência. A economia familiar é muito precária, por isso Raimunda tem vários trabalhos.

27/09/2019

15h | A flor do meu segredo (La flor de mi secreto, dir. Pedro Almodóvar, 1995, 1h42, 14 anos, digital) | Auditório LABMIS

Leo escreve romances cor-de-rosa sob o pseudônimo de Amanda Gris. Paralelamente, ela se sente infeliz, pois seu marido é um militar que está sempre no exterior. Quando seu casamento começa a entrar em crise, Leo se vê entrando em desespero, o que a faz beber e parar de escrever seus contos.

16h | Kika (Kika, dir. Pedro Almodóvar, 1993, 1h52, 14 anos, digital) | Auditório MIS

Kika é uma maquiadora bastante otimista que se envolve com o fotógrafo Ramón após uma situação bem inusitada. Ele é um sujeito muito fechado, mas isso não impede a felicidade do casal, que terá que superar apenas o fato de que Kika era amante de Nicholas, o padrasto de Ramon.

17h | Fale com ela (Hable con ella, dir. Pedro Almodóvar, 2002, 1h52, 14 anos, digital) | Auditório LABMIS

Dois homens apaixonados, duas mulheres em coma. O enfermeiro Benigno, pela bailarina Alicia; o escritor Marco, pela toureira Lydia. A vida dos quatro personagens flui em todas as direções, passado, presente e futuro, arrastando os quatro para um destino inesperado.

18h | Que eu fiz para merecer isto? (¿Qué he hecho yo para mercer esto?, dir. Pedro Almodóvar, 1984, 1h42m, 14 anos, 35 mm) | Auditório MIS

Gloria trabalha como diarista e não tem um minuto livre. Sua própria casa já lhe proporciona ocupação suficiente para todo o dia. Não é uma mulher feliz. Como muitas empregadas espanholas, não teve as mesmas oportunidades que Carolina de Mônaco.

19h | Abraços partidos (Los abrazos rotos, dir. Pedro Almodóvar, 2009, 2h09, 14 anos, digital) | Auditório LABMIS

Um homem escreve, vive e ama na escuridão. Quatorze anos antes sofreu um brutal acidente de carro na ilha de Lanzarote. No acidente, não só perdeu a vista, mas também Lena, a mulher de sua vida.

20h | Maus hábitos (Entre tinieblas, dir. Pedro Almodóvar, 1983, 1h55, 18 anos, 35 mm) | Auditório MIS

Yolanda Bell, uma jovem cantora de boleros, viciada em drogas, imprudente e ambígua, vê seu namorado Jorge morrer de overdose de heroína com estricnina, que ela mesma lhe aplicou. Encontra refúgio no covento das Redentoras Humilhadas, cuja Madre Superiora é sua grande admiradora.

28/09/2019

15h | Julieta (Julieta, dir. Pedro Almodóvar, 2016, 1h36, 14 anos, digital) | Auditório LABMIS

Julieta é uma mulher de meia idade que está prestes a se mudar de Madri para Portugal, para acompanhar seu namorado Lorenzo. Entretanto, um encontro fortuito na rua com Beatriz, uma antiga amiga de sua filha Antía, faz com que Julieta repentinamente desista da mudança.

16h | Mulheres à beira de um ataque de nervos (Mujeres al borde de un ataque de nervios, dir. Pedro Almodóvar, 1987, 1h35, 12 anos, digital) | Auditório MIS

Pepa é uma dubladora recém-abandonada por seu amante Ivan e se desespera tentando encontrá-lo. Sua amiga Candela busca ajuda, pois descobre que o namorado é um terrorista xiita e teme ser presa. A esposa de Ivan descobre a traição do marido e decide matá-lo.

17h | Matador (Matador, dir. Pedro Almodóvar, 1985-86, 1h36, 18 anos, digital) | Auditório LABMIS

Um toureiro precocemente aposentado, seu aluno ingênuo e perturbado, filho de uma mãe membro da Opus Dei, uma vizinha sedutora e uma misteriosa advogada. Em meio a uma onda de crimes sexuais em Madri, suas vidas se cruzam.

18h | Má educação (La mala educación, dir. Pedro Almodóvar, 2004, 1h45, 18 anos, digital) | Auditório MIS

Madri, 1980. Enrique Goded é um cineasta que passa por um bloqueio criativo. É quando se aproxima dele um ator que procura trabalho, se identificando como Ignacio Rodriguez, que foi o amigo mais íntimo de Enrique e também o primeiro amor de sua vida quando ainda eram garotos e estudavam no mesmo colégio.

19h | Tudo sobre minha mãe (Todo sobre mi madre, dir. Pedro Almodóvar, 1999, 1h40, 14 anos, digital) | Auditório LABMIS

Após a morte prematura de Esteban, seu único filho, Manuela resolve retornar a Barcelona com um único intuito: encontrar o pai do menino, a travesti Lola. Cruzam seu caminho a travesti Agrado, a freira Rosa e a atriz Huma Rojo, estrela de uma montagem de Um bonde chamado desejo.

20h | Dor e glória (Dolor y gloria, dir. Pedro Almodóvar, 2019, 1h54, 16 anos) | Auditório MIS

Salvador Mallo é um melancólico cineasta em declínio que se vê obrigado a pensar sobre as escolhas que fez na vida quando seu passado retorna. Entre lembranças e reencontros, ele reflete sobre sua infância na década de 1960, seu processo de imigração para a Espanha, seu primeiro amor maduro e sua relação com a escrita e com o cinema.

29/09/2019

15h | Má educação (La mala educación, dir. Pedro Almodóvar, 2004, 1h45, 18 anos, digital) | Auditório LABMIS

Madri, 1980. Enrique Goded é um cineasta que passa por um bloqueio criativo. É quando se aproxima dele um ator que procura trabalho, se identificando como Ignacio Rodriguez, que foi o amigo mais íntimo de Enrique e também o primeiro amor de sua vida quando ainda eram garotos e estudavam no mesmo colégio.

16h | Ata-me! (¡Átame!, dir. Pedro Almodóvar, 1989, 1h41, 18 anos, digital) | Auditório MIS

Ricky sai de um reformatório psiquiátrico e vai para um set de filmagens, onde Marina Osorio, uma ex-viciada em heroína e ex-atriz pornô que ele já conhecia, está rodando um filme de terror B. Após o término das filmagens, Ricky invade o apartamento de Marina e diz que quer ser seu marido e o pais de seus filhos.

17h | Kika (Kika, dir. Pedro Almodóvar, 1993, 1h52, 14 anos, digital) | Auditório LABMIS

Kika é uma maquiadora bastante otimista que se envolve com o fotógrafo Ramón após uma situação bem inusitada. Ele é um sujeito muito fechado, mas isso não impede a felicidade do casal, que terá que superar apenas o fato de que Kika era amante de Nicholas, o padrasto de Ramon.

18h | Carne trêmula (Carne trémula, dir. Pedro Almodóvar, 1997, 1h39, 18 anos, digital) | Auditório MIS

Madri, janeiro de 1970. Uma prostituta tem um filho em um ônibus quando tentava chegar à maternidade. O bebê se chama Victor. Após vinte anos, Victor está começando sua vida adulta e tenta se encontrar com Elena, desconhecida com quem, uma semana antes, teve um fugaz encontro.

19h | Volver (Volver, dir. Pedro Almodóvar, 2006, 2h01, 14 anos, digital) | Auditório LABMIS

Madri. Dias de hoje. Raimunda é uma jovem mãe, empreendedora e muito atraente, com um marido desempregado e uma filha em plena adolescência. A economia familiar é muito precária, por isso Raimunda tem vários trabalhos.

QUANTO?

Ingresso Gratuito — retirada com uma hora de antecedência na recepção MIS.

ONDE?

Auditório Mis (172 lugares) / Auditório LabMis (64 lugares)

Museu da Imagem e do Som

Av. Europa, 158 – Jd. Europa – São Paulo – SP – 01449-000

Maratona Infantil no MIS

Domingão pra levar a criançada pro MIS pra se divertir com muitas oficinas e pode até doar brinquedos e alimentos. Confira a programação na imagem abaixo ou clique nela pra acessar o site do MIS direto. =)

maratona-infantil-mis-sp


Redação/Publicação: Darlene Carvalho

 

DUOFEL FAZ SHOW NO DIA DOS PAIS

Domingão é dia dos pais e vai ter show lindo de graça: Duofel no Museu da Casa Brasileira. Programe-se aí pra não perder esse evento, levar seu pai, convidar outros pais, chamar a família toda e os amigos para curtir essa data.

DUOFEL-DIA-DOS-PAIS


O QUÊ?

Show: Duofel

QUANDO?

Domingo, 13 de Agosto de 2017, às 11h.

QUANTO?

Grátis.

ONDE?

Museu da Casa Brasileira

Av. Brigadeiro Faria Lima, 2705. São Paulo, SP, Brasil. Telefone: 11 30323727.

Dicas: Prefira o transporte público / A 15 min do metrô Faria Lima / Bicicletário com 42 vagas / Estacionamento pago no local

Publicação: Darlene Carvalho

LENINE NO MIS

Amanhã tem Lenine no MIS batendo papo no programa Notas Contemporâneas. Não paga nada pra participar do debate, só precisa chegar uma hora antes e retirar ingresso na bilheteria do Museu, no caso, 19h. Às 20h começa a programação no Auditório do MIS, com capacidade para 172 pessoas.

Lenine no Mis – Projeto Notas Contemporâneas

Com curadoria de Cleber Papa, o projeto registra depoimentos de compositores e intérpretes consagrados da música popular brasileira. O programa se divide em duas etapas: a primeira é composta de um longo depoimento realizado em estúdio com a pesquisadora Rosana Caramaschi, que passa a integrar o acervo do MIS; a segunda é ao vivo no palco do auditório do museu com mediação do jornalista Cadão Volpato, acompanhado da Banda MIS que faz releituras inéditas e exclusivas dos maiores sucessos do convidado. A entrada é livre e os fãs dos artistas muito bem vindos. O público pode participar fazendo perguntas que são selecionadas pelo e passam a integrar o roteiro da noite.

O programa Notas Contemporâneas fomenta o acervo do MIS, a cada mês disponibilizando novos depoimentos que podem ser consultados gratuitamente. Não deixando se perder, dessa maneira, um dos pilares de construção do museu, a manutenção dos registros de história oral.*

Lenine no MIS / SP / BRASIL

Lenine é cantor, compositor, produtor musical e arranjador, nasceu no dia 2 de fevereiro de 1959. Recifense-carioca, brasileiro do mundo, traz em suas composições influências de manifestações culturais de seu país e de inúmeros gêneros musicais, desconsiderando rótulos ou classificações.

Com mais de 30 anos de carreira, dez discos lançados, dois projetos especiais e inúmeras participações em álbuns de outros artistas, Lenine já teve suas canções gravadas por nomes como Elba Ramalho, Maria Bethânia, Milton Nascimento, Gilberto Gil, Ney Matogrosso, O Rappa, Zélia Duncan, entre tantos outros. Produziu CDs de Maria Rita, Chico César, Pedro Luís e a Parede e do cantor e compositor cabo-verdiano Tcheka, além de trilhas sonoras para novelas, seriados, filmes e espetáculos de teatro e dança, como os do renomado Grupo Corpo.

Lenine ganhou cinco prêmios Grammy Latino, 2 APCA (Associação Paulista de Críticos de Arte), 10 Prêmios da Música Brasileira e já se apresentou em dezenas de países em suas rotineiras turnês internacionais, que também o levaram a alguns dos maiores festivais de música do mundo, como o de Roskilde (Dinamarca), Womad, de Peter Gabriel (Inglaterra, Espanha e Ilhas Canárias), Festival de Montreal (Canadá) e Eurockéennes (França), entre outros.*
*(Release MIS)


O QUÊ?

Lenine | Notas Contemporâneas

QUANDO?

Quarta-feira, 21 de Junho de 2017, às 20h.

QUANTO?

Grátis.

Retirada de ingresso uma hora antes do evento.

Capacidade: 172 lugares.

ONDE?

Auditório MIS

Av. Europa, 158, Jd. Europa, São Paulo – SP

EXPOSIÇÃO “OBJETO DE ESTUDO” EM PINHEIROS

Inauguração da exposição: “Objeto de Estudo” do Artista: Sérgio Fabris no dia 21 de fevereiro às 20h.

Exposição “Objeto de Estudo”

Artista plástico faz retrospectiva de 20 anos de sua arte no Baixo Pinheiros Bar

O artista plástico Sérgio Fabris reúne na exposição “Objeto de Estudo”,  uma seleção de obras produzidas nos últimos 20 anos, apresentando trabalhos que combinam técnicas variadas, desde a tradicional acrílica sobre tela, até colagens tridimensionais.

Nessa retrospectiva, serão expostas cerca de 30 obras, entre pinturas, desenhos, colagens, resina de poliéster e esculturas, de variados temas e dimensões.

Autodidata, com 35 anos de carreira, Sérgio Fabris  tem em seu portfolio a participação em exposições coletivas e individuais, além de assinar algumas ilustrações para encartes de  CD e cenografia para shows. Atualmente desenvolve trabalhos com ênfase em pintura sobre tela e mural.  Sua mais recente exposição,  é uma homenagem à cidade de São Paulo, intitulada “Intensidade”, no Memorial da América Latina.

“Objeto de Estudo” faz parte do projeto de intervenções culturais que o Baixo Pinheiros Bar pretende expandir, para levar arte e cultura ao seu público. Inaugurado no segundo semestre do ano passado, o Baixo fica na rua mais charmosa de Pinheiros, nos arredores do Largo da Batata. É um boteco simples, aconchegante, com estilo e um espaço de encontro de todas as gerações.

As obras do artista Sérgio Fabris ficam expostas no Baixo Pinheiros Bar do dia 21 de fevereiro até 8 de abril e estarão à venda, nos valores de R$ 200 a R$ 4000.

exposicao_objeto-de-estudo-artista-sergio-fabris.jpg


O QUÊ?

Exposição: Objeto de Estudo, artista Sérgio Fabris.

QUANDO?

Abertura: 21 de Fevereiro às 20h. Encerramento: 8 de abril.

Horário de visitação: de segunda à sábado, das 11h30 às 15h e das 17h30 à 1h.

QUANTO?

Grátis.

ONDE?

Baixo Pinheiros Bar

Rua Guaicuí, 62- Pinheiros

Telefone para informações: (11) 3034-4085


Colaboração: Angélica Soller

MARATONA INFANTIL NO MIS

Olha essa programação imperdível pra criançada nesse final de semana!

maratona-infantil-mis.jpg

O MIS realiza a última edição do ano da Maratona Infantil com uma programação completa e gratuita para crianças e famílias.

Um dos destaques é o Show Badulaque, uma apresentação musical divertida e original com o duo Julia Pittier e Daniel Ayres – integrantes do Palavra Cantada. Apresentando um repertório autoral, os arranjos da dupla são compostos a partir da utilização de instrumentos não convencionais, percussão corporal, sapateado, violão elétrico, piano e efeitos eletroacústicos. As letras das músicas focam na criatividade, na curiosidade e na inteligência da criança. A atração acontece às 12h e também às 16h, no Auditório MIS (172 lugares).

Muito queridos pelo público da Maratona Infantil, os cientistas malucos da Mad Science marcam presença nesta edição com a Oficina Brincando com o Ar. As crianças vão aprender, brincar e se divertir com diversos experimentos malucos que envolvem o elemento ar. De forma lúdica e com as mãos na massa (ou melhor, no ar), os participantes irão perceber que, apesar de não podermos ver ou sentir o seu cheiro, o ar pode ser sentido, está em todo o lugar, ocupa espaço e tem até peso. As crianças verão e farão experiências incríveis, como marshmallows que mudam de tamanho com a força do ar e bolhas de sabão quadradas. A atividade acontece no segundo andar, em quatro horários: 10h30, 12h, 13h30, 15h30.

Oficinas
Diversas oficinas para toda família também merecem destaque, como: Zen Kids – Yoga e meditação; Arte Colaborativa; e Circo. Já na Oficina Apresentador Mirim, que acontece às 11h, 13h, 14h e 15h, os pequenos poderão experimentar um dia na pele de Silvio Santos – em homenagem à exposição sobre o apresentador que o MIS abre no dia 7 de dezembro. As crianças serão apresentadoras infantis no mini estúdio montado na sala da Oficina, com cenário e luzes especiais. Após serem maquiados, os participantes irão apresentar o pequeno quadro do programa com blazer, gravata, microfone e gel no cabelo no melhor estilo Silvio Santos. Os familiares poderão gravar o vídeo com seus celulares, levando uma incrível lembrança pra casa.
Figurinhas
Desde o ano passado, o MIS criou um espaço fixo de Troca de Figurinhas, para que as crianças (e adultos) possam compartilhar suas coleções e trocar suas figurinhas repetidas, dos mais variados álbuns. Além disso, em cada edição da Maratona há distribuição gratuita de um álbum diferente. A atividade acontece na área externa, das 10h às 16h. Em parceria com a Panini, nesta edição haverá quatro álbuns para distribuição: Cards Princesa, Disney Gogo’s, Naruto Shippuden e Disney English Frozen.
Completando o passeio, uma feirinha gastronômica estará disponível durante todo o dia aos visitantes: Bigorna Food Truck (lanches); My oh My (milk-shake); Mini Gulaz (doces);Pipocas Juquinha; e Fly chips (batatas no palito).
— Release Mis —

O QUÊ? QUANDO?

Maratona Infantil

Domingo, 11 de Dezembro de 2016

  • 10h às 16h
    Ponto para doação de brinquedos – Hall de entrada
  • 10h às 16h
    Espaço para troca de figurinhas – Hall de entrada
  • 10h às 16h
    Oficinas de circo | Com a Cia Estripulias Imagináveis – Tenda área externa
  • 10h às 16h
    Visita guiada + oficina na exposição O tempo de Amyr Klink | Com Núcleo Educativo – Exposição Foyer Térreo
  • 10h30, 12h, 13h30, 15h30
    Oficina Brincando com o Ar | Com Mad Science – Foyer 2º andar
  • 11h, 13h e 15h
    Contação de historia | Com a Cia do Mar – Auditório 2° andar
  • 11h, 13h e 15h
    Espetáculo O Rato que queria voar | Com a Cia Circo Oriri – Palco área externa
  • 11h, 13h, 14h e 15h
    Oficina de apresentador Mirim – Sala de Interfaces
  • 11h, 12h, 14h e 15h
    Oficina Zen Kigs – Yoga e meditação – Sala Educativo
  • 12h e 16h
    Intervenção de Mágicas cômicas | Com Cia Carolipa e Bartô – Área externa
  • 12h e 16h
    Show Badulaque – Auditório MIS


QUANTO?

Grátis


ONDE?

Mis – Museu da Imagem e do Som

Avenida Europa, 158, Jardim Europa, São Paulo – SP, Brasil.

As seguintes linhas de ônibus servem à região do museu:
107 T-10 Metrô Tucuruvi – Pinheiros
930P- 10  Term. Pq D. Pedro II – Pinheiros
908T- 10  Term. Pq D. PedroII – Butantã (circular)
7181 -10 Cidade Universitária – Term. Princ. Isabel
Para mais informações sobre trajeto de ônibus consulte o SPTrans pelo telefone 156 ou acesse http://www.sptrans.com.br
O MIS também está próximo das estações Consolação (linha verde) e Faria Lima (linha amarela) do Metrô.

Publicação: Darlene Carvalho

PROGRAMAÇÃO DE 2 MILHÕES NO MEMORIAL

Memorial comemora recorde histórico de 2 milhões de visitantes com programação especial

tumblr_ohrweve2ta1qcbsbho1_1280

tumblr_ohrweve2ta1qcbsbho4_1280

tumblr_ohrweve2ta1qcbsbho6_1280

Pelo menos duas em cada 10 pessoas que procuraram algum tipo de atividade cultural e de lazer em São Paulo passaram pelo Memorial da América Latina em 2016. É o que se conclui dos números divulgados nesta terça-feira, 6, pelo presidente em exercício da fundação, Irineu Ferraz, que assumiu o cargo com a saída do cineasta e escritor João Batista de Andrade, convidado pelo ministro da Cultura, Roberto Freire,  para ser o secretário-executivo da Pasta.

tumblr_ohrweve2ta1qcbsbho2_1280

tumblr_ohrweve2ta1qcbsbho3_1280

Ainda sem computar a frequência de dezembro, o balanço parcial revela que o Memorial recebeu mais de 2 milhões de visitantes nos 11 meses de 2016, praticamente o dobro de 2012, quando 1.237.534 pessoas estiveram nos espaços da instituição. Para comemorar o feito, o Memorial programou atrações especiais a partir do fim de semana e até o final do mês, todas gratuitas.

SONY DSC

Confiram:

  • Nada Será Como Antes
    Musical em homenagem aos 50 anos de carreira do cantor e compositor Milton Nascimento, dia 10, sábado, 20 h, na Praça Cívica. É a despedida do espetáculo que rodou o país nos últimos quatro anos, produzido e dirigido por Charles Möeller e Claudio Botelho. O elenco dá voz e emoção ao rico repertório da longa trajetória musical de Milton Nascimento e parceiros, o que significa que não faltarão os clássicos de sucesso como Nos bailes da vida, Travessia, Caçador de Mim, Coração de Estudante, Canção da América, Nuvem Cigana, Maria Maria e, claro, Nada Será Como Antes.
    Atenção: os portões 1, 2 e 5 serão abertos às 17h30.
    Serão distribuídos 2 mil ingressos por ordem de chegada com direito a cadeira na plateia especial.
    Classificação etária: 12 anos.
  • Festival de presépios
    Mais de 50 presépios em formato miniatura, representando a tradição do Natal no Brasil, Paraguai, Venezuela, Equador, México, Peru, Bolívia, Chile e Colômbia, compõem a exposição que o Memorial abre no dia 10 de dezembro no Espaço Gabriel García Márquez, anexo ao Pavilhão da Criatividade (portões 8 e 9).
    A atração pode ser visitada até 8 de janeiro de 2017, de terça a domingo, das 9h às 18h.
  • Festival do Sorvete
    Do tradicional banana Split às paletas mexicanas e os gelatos italianos, o 5º Festival do Sorvete chega ao Memorial da América Latina para esperar a entrada do Verão.  Entre as novidades, sorvetes veganos e sem glúten para quem tem restrição às gorduras saturadas e trans. O passeio fica completo com praça de alimentação e estandes de roupas, bijuterias e artesanato.
    Dias 10 e 11, das 10h às 20h.
    Praça da Sombra, portões 8, 9 e 12.
  • Ferrorama gigante
    A maquete modular com réplicas de locomotivas, vagões, trilhos e todo o ambiente que cerca uma ferrovia de verdade é uma das maiores da América Latina, com 100 metros de comprimento.
    Ficará em exposição nos dias 10, 11, 17 e 18, no Espaço Multiuso anexo ao Pavilhão da Criatividade, das 9h às 20h. (Praça da Sombra, portões 8, 9 e 12).
  • Mulheres Poderosas
    Em cartaz até o último dia do ano, exposição de caricaturas mostra como a mulher exerce influência nos autores de humor gráfico, como Mauricio de Sousa, Jal, Alecrim, Fernandes, J. Bosco, Baptistão, Carvall. Algumas dessas mulheres poderosas: a artista plástica Tomie Ohtake, a atriz norte-americana Meryl Streep, Rita Lee, Ana Maria Braga, Leila Diniz, ícone dos direitos femininos do século passado, a escritora Clarice Lispector e a agora santa Madre Teresa de Calcutá.
    Biblioteca Latino-Americana
    de 2 a 31/12, das 9h às 18h
    Praça Cívica, portões 1, 2 e 5.

Fundação Memorial da América Latina
Av. Auro Soares de Moura Andrade, 664
01156-001 – Barra Funda – São Paulo SP
Telefone: 11 3823 4600


Publicação: Darlene Carvalho