BONECAS QUEBRADAS NO ITAÚ CULTURAL

A partir do dia 1º de Setembro a Mostra Rumos Itaú Cultural promove debates, reflexões e a apresentação de um espetáculo teatral sobre o feminicídio no Brasil e na América Latina. 

bonecas-qeubradas-itau-cultural


O QUÊ? QUANDO?

Bonecas Quebradas
Quinta a sábado 3 a 5 de setembro de 2015 às 21h.
domingo, 6 de setembro de 2015 às 19h.
Piso – 2

Encontro – Feminicídio: um Cenário de Corpos Quebrados

Mesa 1: Feminicídio no México e no Brasil: Patriarcado, Capitalismo e Globalização
terça, 1 de setembro de 2015, das 19h às 21h.
Piso -2

Mesa 2: Artivismo em Cena – um Cenário de Corpos Quebrados
quarta, 2 de setembro de 2015, das 19h às 21h.
Piso -2

Minicurso com Ileana Diéguez
terça e quarta, 1 e 2 de setembro de 2015, das 10h30 às 13h
Sala Vermelha – 70 lugares

QUANTO?

Grátis

[ingressos distribuídos com meia hora de antecedência]
[classificação indicativa: 16 anos]

ONDE?

Itaú Cultural

Avenida Paulista, 149, São Paulo, SP [próximo à estação Brigadeiro do metrô]

Telefone: 11 2168 1777


Colaboração de Marina Abramowicz / Publicado por Darlene Carvalho

MUSTACHE E OS APACHES NO IBIRA

MUSTACHE E OS APACHES NO IBIRA

Mustache & os Apaches lança seu primeiro disco

A banda Mustache & os Apaches, após conquistar as ruas e teatros do sul ao centro do Brasil, transformando qualquer espaço em palco para shows surpreendentes, lança seu primeiro disco, no próximo dia 8 de dezembro, no Auditório Ibirapuera/Itaú Cultural.

A banda independente apresenta em seu primeiro disco composições próprias, que se destacam pela originalidade e criatividade quando comparados a outras Jug Bands e mesmo bandas atuais brasileiras.

“Harry Nilsson”, faixa de abertura, faz uma espécie de introdução ao disco, ao contar o dia tedioso do personagem que vai à cidade depois de se barbear, apesar do gato dele estar meio magro demais. A música seguinte, “Nega Lilu”, é praticamente a Nega do Cabelo Duro do indie folk nacional.“Come To Sing With Us” prepara o terreno para a próxima canção. E, então, temos “Twaaaaaang”, o single! a música é bem, um convite à dança.

Continuando o disco, temos o momento instrumental com a música “Escapa do Bom”, que traz guitarras num vibe mais estradeira. A influência da tradição vaudeville, da “voz do povo”, fica evidente nas faixas “O Gato”, “Le Bateau e Despedida” que fecham o disco com um swingdigno dos anos 20, com piteira e cinta-liga. O disco ainda conta com três faixas bônus, entre elas“Smoke Joes Cafe”, que tende um pouco mais pro blues e uma versão da famosa “Gigolo” pra encerrar com bastante humor.

Mustache-MAIOR

Sobre a banda Mustache & os Apaches

A banda Mustache & Os Apaches nasceu da simbiose criativa de cinco excêntricos músicos que também atuam em vários campos da arte como o circo, artes plásticas, cinema e literatura. Inspirados inicialmente pelas Jug Bands norte americanas e pelos espetáculos do Circo Vaudeville, iniciaram seu projeto apresentando-se nas ruas de São Paulo e logo destacaram-se por serem capazes de transformar qualquer lugar da cidade em um espaço para shows.

Com apenas 3 anos de estrada, percorreu teatros (e ruas) do sul, sudeste e centro-oeste; realizou 20 shows na Europa com o apoio do MinC através do edital de intercambio cultural; participou de projetos com artistas como o cineasta Beto Brante e a cantora Barbara Eugenia, e de programas da Tv Globo, como representes da música de rua na Novela Cheias de Charme; no Altas Horas e do quadro Musical do Programa do Jô.

A banda é formada pelos gaúchos: Pedro Pastoriz (Voz, Violão e Banjo), Tomás Oliveira(Contrabaixo e voz), Axel Flag (Voz e percussão), Jack Rubens (Bandolim); e por Lumineiro, de Belo Horizonte, que toca o original Washboard; uma antiga tábua de lavar roupa.

“Ellos son artistas especiales, raros en esta ciudad. Son personajes de otras épocas lanzados en garitos de modernos, mercadillos y salas de conciertos.
¨Tienen otro mérito, triunfar rompiendo con los moldes brasileños de la samba y la bossa nova. Ellos versionan a Tarantino con espíritu circense y componen canciones que el público intenta premiar con pasos de swing.” ( María Martín – El País)

Site: http://mustacheeosapaches.com/

Facebook: https://www.facebook.com/pages/Mustache-e-os-Apaches/208046112550309?fref=ts

 

O Quê?

Show de lançamento do Disco da Banda Mustache & Os Apaches

Quando?

Domingo, 08 de Dezembro de 2013, às 19h.

Quanto?

R$ 20 ( inteira) – R$ 10 (meia-entrada)

→ Compre aqui seu ingresso!

Onde?

Auditório Ibirapuera/ Itaú Cultural no Parque Ibirapuera (platéia interna, com capacidade de total de 806 lugares)
Av. Pedro Álvares Cabral – Vila Mariana, São Paulo – SP (mapa)
Informações: (11) 3629-1075

Colaboração de Márcia Ribeiro – amarciaribeiro@gmail.com

ANGELI NO ITAÚ CULTURAL

Última semana! A exposição do Angeli  no Itaú Cultural ficaria só até essa semana em cartaz, mas o sucesso fez com que essa temporada fosse prorrogada até o dia 06 de Maio de 2012, ocasião da Virada Cultural em São Paulo. Trata-se da 12ª edição do programa Ocupação com 880 obras do artista, sendo 80 originais, e cerca de 20 fotos de arquivo pessoal, incluindo retratos de infância e adolescência. Curadoria da arquiteta e designer gráfica Carolina Guaycuru.

Assista o vídeo publicado no Omelete sobre a Mostra:

O Quê?

Ocupação Angeli

Quando?

Até 29 de abril de 2012.  Até 06 de Maio de 2012.
Terça a sexta: 9h às 20h.
Sábado, domingo e feriado: 11h às 20h.
[Indicado para todas as idades, exceto a sala com conteúdo impróprio, indicada para maiores de 16 anos.]

Quanto?

Grátis

Onde?

Itaú Cultural
Avenida Paulista 149 – Paraíso – São Paulo SP
[próximo à Estação Brigadeiro do Metrô]
Telefone: 11 2168 1777

• youtube.com/itaucultural
• twitter.com/itaucultural
• facebook.com/itaucultural
• atendimento@itaucultural.org.br

Por Darlene Carvalho

“AS CIDADES E SUAS MARGENS” NO ITAÚ CULTURAL

Seminário Internacional As Cidades e Suas Margens e mini-mostra Margem Arte Pública marcam debate sobre arte e urbanidade no país.

O que artistas, arquitetos, urbanistas, antropólogos, ativistas e historiadores têm a dizer sobre arte e os espaços da cidade?

O projeto Margem Arte Pública, com curadoria do arquiteto e urbanista Guilherme Wisnik, e o Seminário Internacional As Cidades e Suas Margens coordenado pela arquiteta e urbanista Lígia Nobre, discute a arte que ocupa espaços públicos e urbanos e analisam a formação das cidades brasileiras por meio de seus rios e as transformações recentes em suas orlas, articuladas com a falta de uma tradição sólida de arte pública no país.

Quando?

16 a 19 de setembro 2009 ( quarta a sexta-feira)

Onde?

ITAÚ CULTURAL
Av. Paulista, 149 – São Paulo – SP
(mapa)

Quanto?

Entrada franca.
Não há necessidade de inscrição antecipada (247 lugares)

Participantes
Osvaldo Sanchez (México), curador de algumas edições do projeto de arte pública InSite (San Diego / Tijuana); o doutor em História pela Universidade de Buenos Aires Adrán Gorelik (Argentina); o arquiteto Paulo Mendes da Rocha, o filósofo Nelson Brissac Peixoto, criador do Arte/Cidade, e os artistas Nuno Ramos, Hector Zamora, Ana Maria Tavares, Gisella Hiche entre outros artistas e especiliastas em arte e urbanismo.

Confira no site a programação com sinopses de cada mesa de debate e mais informações sobre o evento.
Os debates serão transmitidos ao vivo pela internet.

Por Fabiano Pereira

SOBRE DESIGN, ARTE, FOTOGRAFIA E MUITO MAIS!

Leitores do AgendaCult, essa é uma dica para deixá-los ainda mais atualizados em relação aos eventos de design, arte, fotografia, dicas e artigos interessantes, além de concursos. 

Estou falando do blog Sobre Design que divulgou um post para ajudar a revista de fotografia SFC – Social Foto Club  a conseguir mais assinantes. A assinatura é totalmente gratuita! Basta entrar no site e deixar os seus dados. Já fiz a minha assinatura. Entre nessa você também para que tenhamos mais edições da revista!

*** O Sobre Design cita vários eventos e não limita-se aos que acontecem em São Paulo.

Por Darlene Carvalho

ÚLTIMO DIA DE ‘VESTIDO DE NOIVA’ NO ITAÚ CULTURAL | 17 de fevereiro

Uma vez, li uma reportagem sobre o comportamento do paulistano em deixar as coisas para a última hora. Verdade ou não, faço parte dessa parcela da parcela da população. Só pra confirmar esse desespero de não perder os eventos, é que estarei presente à peça teatral hoje, no Itaú Cultural, chamada Vestido de Noiva de Nelson Rodrigues, dirigida por Rodolfo García Vázquez (o mesmo diretor de “A Filosofia na Alcova” e “Os 120 Dias de Sodoma“). Tem dois horários para apreciar o espetáculo: às 17h30 e às 19h30. Tanto em um quanto no outro horário, é bom estar lá 30 minutos antes para retirar os ingressos. É de graça, minha gente! Eu recomendo, com certeza, porque a companhia teatral “Os Satyros” é que estão apresentando e são excelentes. No ano passado, eles fizeram leituras dramáticas de “Vestido de Noiva” no Itaú Cultural.

A sinopse fornecida pelo site do Itaú Cultural:

A obra, apresentada pela primeira vez em 1943, é uma tragédia sobre a memória de Alaíde, mulher recém-casada que sofre um acidente e é submetida a uma cirurgia. A história não corre linearmente, mas dividida em três planos: memória, alucinação e realidade. Para essa encenação a companhia propõe uma abordagem contemporânea do texto original ao mesclar os planos e usar recursos tecnológicos.

O Instituto retoma, com este evento, uma leitura de trechos do texto de Nelson Rodrigues, promovida em junho do ano passado, durante a programação de relançamento da Enciclopédia Itaú Cultural de Teatro.”

Fonte: Itaú Cultural.

Itaú Cultural: Avenida Paulista, 149, próximo ao SESC Paulista e Metrô Brigadeiro.

Por Darlene Carvalho

On_Off – Experiências em Live Image no Itaú Cultural

Ainda neste ano (2007), tive a oportunidade de participar de um workshop na oficina Oswald de Andrade sobre Live Images com o Luis Duva. É muito mais que apenas orquestrar imagens e sons; é criar, questionar, instigar novas sensações nas pessoas por meio de imagens e sons. Lembrei-me disso porque na próxima quinta-feira, dia 26 de Julho, no Itaú Cultural acontecerá o evento Espetáculos On-Off. Vou dispor aqui, na íntegra, o que está disponível no site. Não perca!

 

Experiências híbridas

 

Terceira edição do evento On_Off reúne artistas que exploram a interação de linguagens

Vídeo. Cinema. Música. Performance e imagens em movimento. A terceira edição do On_Off – Experiências em Live Image exibe o trabalho de artistas que elaboram e experimentam meios e linguagens híbridas para compor e mixar imagens.

Narrativas audiovisuais são criadas, por meio de combinações e justaposições de imagens, em performances processadas ao vivo.

Esta edição de On_Off conta com a videoperformance O Lugar aonde os Carros não Vão, de Eder Santos, com trilha sonora de Paulo Santos; o trabalho Repentismo Visual/Cinejoqueys, de Aléxis Anastasiou e Gen; e a performance Commento, da dupla Müvi (Ricardo Carioba e Fabio Villas Boas).

sala itaú cultural 255 lugares
[ingressos distribuídos com meia hora de antecedência]

quinta 26

20h ( abertura )O Lugar aonde os Carros não Vão com Eder Santos

participação Mônica Ribeiro
trilha sonora Paulo Santos e Josefina Cerqueira
Videoperformance de Eder Santos, em que o espaço é a imagem e a imagem cria um espaço forjado por projeções simultâneas, construídas e mixadas ao vivo. Um jogo de deslocamento de sentidos, que inventa territórios mágicos e estabelece sinestesias literária, teatral, musical e cinematográfica.

21h coquetel de abertura

sexta 27

19h30 O Lugar aonde os Carros não Vão com Eder Santos

participação Mônica Ribeiro e Maria Luísa Mendonça
trilha sonora Paulo Santos e Josefina Cerqueira

sábado 28

19h30 Repentismo Visual/Cinejoqueys com Aléxis Anastasiou e Gen

Aléxis e Gen exploram em seu set Cinejoquey//Cine-repentista a experiência audiovisual do VJ no ambiente da sala de cinema. As ferramentas de edição do VJ possibilitam a livre construção de um fluxo improvisado de imagens, sons e música. A dupla constrói o fluxo buscando conteúdo em uma ampla gama de possibilidades, equilibrando o sampling com composições próprias, remixes de filmes, composições sonoras, loops, noticiários de TV e documentários. Autênticos repentistas digitais.

domingo 29

19h30 Commento com Müvi – Ricardo Carioba e Fabio Villas Boas

O Muvi faz com que a imagem seja construída por planos da cidade de São Paulo. Com alterações gráficas, ela se divide e se multiplica. A trilha sonora cria efeitos e sentidos polifônicos, altera o ritmo dos planos e elabora um tempo deslocado do movimento realista do cenário urbano.

Publicado por Darlene Carvalho

OS SATYROS NO ITAÚ CULTURAL!

A convite do Itaú Cultural, Rodolfo García Vázquez, diretor da companhia Os Satyros, desenvolveu um projeto de “resgate e releitura da concepção cênica original”, atualizando e apresentando para o público contemporâneo os principais conceitos da montagem, com base na dramaturgia, na concepção cênica e na cenografia. A dramaturgia de Nelson Rodrigues, a concepção cênica de Ziembinski (tanto por meio da iluminação revolucionária para os padrões da época quanto por meio da modernização do estilo de interpretação) e a bela cenografia do autodidata Santa Rosa, extremamente eficaz no conjunto cênico, criaram uma simbiose única, que marcou definitivamente a história do teatro nacional.

Fazem parte do elenco os atores da companhia Os Satyros. A cenografia é de Fábio Lupo e Marcelo Maffei, o vídeo, de Laerte Késasimos, e a iluminação e direção, de Rodolfo García Vázquez.

O evento apresenta ainda duas mesas de discussão.

atualização da enciclopédia itaú cultural de teatro
com leituras da peça vestido de noiva
quinta 28 a sábado 30

quinta 28
19h30 sala vermelha
Histórico da pesquisa sobre teatro no Brasil e na Espanha. Serão debatidas questões da historiografia e das transformações metodológicas resultantes de meios digitais. Apresentação de linhas de estudos desenvolvidas na Espanha em comparação às surgidas na América Latina. Serão discutidos ainda os cases Enciclopédia Itaú Cultural de Teatro, Dicionário do Teatro Brasileiro e Archivo Virtual de las Artes Escénicas. Com João Roberto de Faria, Johana Albuquerque e José Antonio Sanchez

21h sala itaú cultural
Vestido de Noiva – cenas do segundo ato
direção Rodolfo García Vázquez

sexta 29
19h30 sala vermelha
Um panorama, com projeção de imagens, do legado teatral de Nelson Rodrigues tendo como enfoque pesquisas e investigações recentes que acrescentam novas leituras à sua obra. Com Edelcio Mostaço

21h sala itaú cultural
Vestido de Noiva – cenas do segundo ato
direção Rodolfo García Vázquez

sábado 30
19h30 sala itaú cultural
Vestido de Noiva – cenas do segundo e terceiro atos
direção Rodolfo García Vázquez

sala itaú cultural 221 lugares
[ingresso distribuído com meia hora de antecedência]