PROGRAMAÇÃO DE 2 MILHÕES NO MEMORIAL

Memorial comemora recorde histórico de 2 milhões de visitantes com programação especial

tumblr_ohrweve2ta1qcbsbho1_1280

tumblr_ohrweve2ta1qcbsbho4_1280

tumblr_ohrweve2ta1qcbsbho6_1280

Pelo menos duas em cada 10 pessoas que procuraram algum tipo de atividade cultural e de lazer em São Paulo passaram pelo Memorial da América Latina em 2016. É o que se conclui dos números divulgados nesta terça-feira, 6, pelo presidente em exercício da fundação, Irineu Ferraz, que assumiu o cargo com a saída do cineasta e escritor João Batista de Andrade, convidado pelo ministro da Cultura, Roberto Freire,  para ser o secretário-executivo da Pasta.

tumblr_ohrweve2ta1qcbsbho2_1280

tumblr_ohrweve2ta1qcbsbho3_1280

Ainda sem computar a frequência de dezembro, o balanço parcial revela que o Memorial recebeu mais de 2 milhões de visitantes nos 11 meses de 2016, praticamente o dobro de 2012, quando 1.237.534 pessoas estiveram nos espaços da instituição. Para comemorar o feito, o Memorial programou atrações especiais a partir do fim de semana e até o final do mês, todas gratuitas.

SONY DSC

Confiram:

  • Nada Será Como Antes
    Musical em homenagem aos 50 anos de carreira do cantor e compositor Milton Nascimento, dia 10, sábado, 20 h, na Praça Cívica. É a despedida do espetáculo que rodou o país nos últimos quatro anos, produzido e dirigido por Charles Möeller e Claudio Botelho. O elenco dá voz e emoção ao rico repertório da longa trajetória musical de Milton Nascimento e parceiros, o que significa que não faltarão os clássicos de sucesso como Nos bailes da vida, Travessia, Caçador de Mim, Coração de Estudante, Canção da América, Nuvem Cigana, Maria Maria e, claro, Nada Será Como Antes.
    Atenção: os portões 1, 2 e 5 serão abertos às 17h30.
    Serão distribuídos 2 mil ingressos por ordem de chegada com direito a cadeira na plateia especial.
    Classificação etária: 12 anos.
  • Festival de presépios
    Mais de 50 presépios em formato miniatura, representando a tradição do Natal no Brasil, Paraguai, Venezuela, Equador, México, Peru, Bolívia, Chile e Colômbia, compõem a exposição que o Memorial abre no dia 10 de dezembro no Espaço Gabriel García Márquez, anexo ao Pavilhão da Criatividade (portões 8 e 9).
    A atração pode ser visitada até 8 de janeiro de 2017, de terça a domingo, das 9h às 18h.
  • Festival do Sorvete
    Do tradicional banana Split às paletas mexicanas e os gelatos italianos, o 5º Festival do Sorvete chega ao Memorial da América Latina para esperar a entrada do Verão.  Entre as novidades, sorvetes veganos e sem glúten para quem tem restrição às gorduras saturadas e trans. O passeio fica completo com praça de alimentação e estandes de roupas, bijuterias e artesanato.
    Dias 10 e 11, das 10h às 20h.
    Praça da Sombra, portões 8, 9 e 12.
  • Ferrorama gigante
    A maquete modular com réplicas de locomotivas, vagões, trilhos e todo o ambiente que cerca uma ferrovia de verdade é uma das maiores da América Latina, com 100 metros de comprimento.
    Ficará em exposição nos dias 10, 11, 17 e 18, no Espaço Multiuso anexo ao Pavilhão da Criatividade, das 9h às 20h. (Praça da Sombra, portões 8, 9 e 12).
  • Mulheres Poderosas
    Em cartaz até o último dia do ano, exposição de caricaturas mostra como a mulher exerce influência nos autores de humor gráfico, como Mauricio de Sousa, Jal, Alecrim, Fernandes, J. Bosco, Baptistão, Carvall. Algumas dessas mulheres poderosas: a artista plástica Tomie Ohtake, a atriz norte-americana Meryl Streep, Rita Lee, Ana Maria Braga, Leila Diniz, ícone dos direitos femininos do século passado, a escritora Clarice Lispector e a agora santa Madre Teresa de Calcutá.
    Biblioteca Latino-Americana
    de 2 a 31/12, das 9h às 18h
    Praça Cívica, portões 1, 2 e 5.

Fundação Memorial da América Latina
Av. Auro Soares de Moura Andrade, 664
01156-001 – Barra Funda – São Paulo SP
Telefone: 11 3823 4600


Publicação: Darlene Carvalho

ÚLTIMOS DIAS DE ‘FLORES AMARELAS’

FLORES AMARELAS — Cia do Flores

Flores Amarelas é um espetáculo, que encontrou na poesia, na música, na dança e na narrativa a forma mais sublime para falar sobre identidade de gênero.

SINOPSE

Uma festa em homenagem aos santos da Bahia celebra a boa colheita do cacau. No centro da encenação a festa dá lugar às fazendas, à mata-deus e as histórias e segredos, que permeiam a vida de Orozina, Davi, Francisco, Jeremias e Antonio. Na medida em que a semente floresce, revelam-se para o público as músicas e sua poesia, as graças e desgraças dos causos da mata-deus, as dores do preconceito, e a revelação de uma história prometida, a qual deve ser a mais bonita de todas.

Dramaturgia e Direção de Claudia Jordão.
Elenco: Alef Barros, Alessandra Moreira, Fran Rocha, Lucas Vedovoto, Josy Santana e Osni Rossi.

SOBRE O ESPETÁCULO

Flores Amarelas é o primeiro trabalho da Cia do Flores, de São Bernardo do Campo e o processo de montagem, aconteceu dentro do Núcleo de Direção da Escola Livre de Teatro, orientado por Luiz Fernando Marques, o LUBI, do Grupo XIX de Teatro.

O espetáculo foi contemplado pelo PROAC – Manifestações Culturais LGBT/2015, pelo qual fará uma circulação pelas cidades do ABCDMR e também pela cidade de São Paulo. Na capital paulista Flores Amarelas fez uma estreia gratuita, no dia 28/04, com bate papo posterior, contando com a presença de Luiz Fernando Marques e prosseguiu para mais 7 apresentações que terminam no próximo dia 08/05/2016, de quinta a domingo, cumprindo com a contrapartida pela contemplação do edital Cena Aberta/SP, para ocupação do Teatro de Arena Eugênio Kusnet. O espetáculo foi contemplado também pelo Prêmio de Teatro Myriam Muniz/2015.

Para acompanhar a agenda de apresentações da Cia do Flores, curta a página no Facebook → www.facebook.com/ciadoflores


O QUÊ?

[Teatro] Flores Amarelas, com a Cia do Flores.

QUANDO?

Até 08/05/2016. Quinta a domingo, às 20h.

QUANTO?

Ingressos – R$ 30 (inteira) R$ 15 (meia)

ONDE?

Teatro de Arena Eugênio Kusnet [Capacidade: 98 pessoas]

Rua Teodoro Baima, 94 – Vila Buarque – São Paulo

Informações: 11 3259 6409 ou 11 99407 7226


Colaboração de Claudia Jordão | Publicado por Darlene Carvalho

PINTURAS E MÚSICAS NA CAIXA

pinturasemusicas

O Haver — Pinturas e Músicas para Vinicius

Para esta exposição, grandes nomes da música brasileira foram convidados celebrar os 100 anos de Vinicius de Moraes. Serão exibidos vídeos e fotografias que registram composições musicais inéditas, além de aquarelas originais, feitas pelos artistas convidados, inspiradas no poema “O Haver” do compositor carioca.***

Linhas, traçados e Cores, no Reino de Gilvan Samico

Exposição composta por cerca de 60 (sessenta) obras do artista pernambucano Gilvan Samico, entre xilogravuras, provas de artista e trabalhos em madeira marchetada, permitindo ao público conhecer, além do resultado final da obra, o processo de criação.

O processo de criação de Samico é meticuloso e demorado. O artista, que já chegou a levar um ano para a finalização de uma única gravura, utiliza como principal suporte a xilogravura. Antes do desenho definitivo na madeira, entretanto, Gilvan Samico desenvolve inúmeros estudos preparatórios, com variações de detalhes, experimentações em diversos tamanhos, inversões, supressões, geralmente iniciando em pequenos papéis até chegar à dimensão total da obra que será impressa.***

***informações da página de eventos Caixa Cultural.

O Quê? Quando?

Quanto?

Grátis

Onde?

Caixa Cultural São Paulo

Praça da Sé, 111 – Centro – São Paulo – SP

Telefone: 3321-4400

♥ Acesso para pessoas com deficiência

Publicado por Darlene Carvalho

SAPIRANGA CONVIDA LULA BARBOSA NO MEMORIAL DA AMÉRICA LATINA

O cantor e compositor baiano SAPIRANGA apresenta seus convidados para uma bate-papo literomusical, com o objetivo de aproximar o público das riquezas culturais latino-americanas, promovendo um diálogo entre a Música e a Literatura.

Sapiranga Foto Adilson Nascimento

A série de eventos reunirá vários convidados especiais, falando, contando e cantando a cultura popular Latino-Americana, representando as tantas vertentes artísticas que compõem a nossa identidade cultural. As edições acontecerão de Maio à Dezembro de 2014 no auditório da Biblioteca Latino-Americana, do Memorial, sempre em uma quinta-feira de cada mês, às 19h30, com entrada franca.

Os convidados desta edição são, o compositor e cantor paulista Lula Barbosa. Conhecido nacionalmente pelas suas composições em parceria com nomes  Cesar Camargo Mariano, Eduardo Gudin, Fabio Junior, Mirian Mirah, entre outros. Com mais de 30 anos de carreira, Lula Barbosa também compõe jingles e trilhas sonoras.

Os cineastas, Rogério Che é formado em cinema pela Universidad National La Plata, é  diretor de fotografia de diversos filmes, curtas  e vídeo clips, premiados em  festivais brasileiros e internacionais. Pedro Gomes, é diretor de cinema, em 2008 fez seu primeiro clip como diretor, e  tempos depois estava viajando o mundo como super premiado Freestyle. Pedro, roterizou, dirigiu e produziu o curta Jornada de Herói, onde Rogério Che faz a direção de fotografia, o curta será exibido no evento.

O Anfitrião da noite é omúsico, poeta e pesquisador de cultura popular Sapiranga. Nascido na Zona da Mata baiana, esse ‘cantadô’ traz em sua bagagem mais de 10 anos de carreira, 3 álbuns autorais lançados e uma rica experiência adquirida com suas pesquisas por todo o Brasil.

O Quê?

Sapiranga ConVida Lula Barbosa, Rogério Che e Pedro.
Um encontro entre musica e literatura

Quando?


24 de maio de 2014 – Quinta-feira, 19h30.

Quanto?

ENTRADA FRANCA

Onde?

Biblioteca Latino-Americana – Memorial da América Latina
Av. Auro Soares de Moura Andrade, 664 – Barra Funda / São Paulo-SP
Entrada – portões 2 ou 5 / Estacionamento (pago) – portões 4 ou 8
Informações via e-mail eventoscbeal@memorial.sp.gov.br e telefone 55 11 3823 4764.

Colaboração de Marina Machado

PROJETO CLÁSSICOS EM CENA — SHOW INSTRUMENTAL GRATUITO DO GRUPO AUM

Repertório que passeia entre e o erudito e popular define o show instrumental que integra o calendário do Projeto Clássicos em Cena

No domingo, 22 de junho, às 11h, a Praça Victor Civita recebe o Grupo AUM. O show, gratuito, integra o calendário do projeto Clássicos em Cena, que, pelo quarto ano consecutivo, promove apresentações de música erudita no quarto domingo de cada mês com comentários do maestro Parcival Módolo, visando aproximar o público desta linguagem.

Com 16 anos de carreira, o AUM, que é conhecido em todo o País por seu abrangente repertório que passeia entre e o erudito e o popular, está celebrando, em 2014, Bodas de Turmalina. E, em ritmo de comemoração, lança o CD “Turmalina” com obras de compositores contemporâneos  característica do grupo –, de variadas gerações e estilos, promovendo uma espécie de simbiose de música instrumental brasileira e erudita. Em outras palavras, como define o maestro Julio Medaglia, “trata-se de pesquisadores irrequietos, que estão sempre fundindo seus timbres a repertórios e ideias as mais aparentemente incompatíveis”.

Exemplo disso é o que o público poderá ouvir na Praça. No palco, os músicos brindarão a plateia com preciosas execuções deMantiqueira”, de Nelson Ayres, e de peças consagradas, como Mulher Rendeira” (Zé do Norte), “Lampião de Gás/Tristeza do Jeca” (Zica Bergamini/Angelino de Oliveira) e o arranjo Toca Adoniran!” (Trem das Onze”/”Samba do Arnesto”/”Tiro ao Álvaro”). Além disso, tocarão um aguardado pout pourri de Chiquinha Gonzaga e, como não poderia faltar, algumas composições de Edmundo Villani-Côrtes (o grupo também é reconhecido como intérprete por excelência deste autor).

Formado em 1997 por Arlete Tironi Gordilho e Liliana Bertolini (flauta), com o objetivo de apresentar repertório variado do barroco ao contemporâneo, aos poucos o AUM foi congregando mais músicos e autores. Estes, além de fornecer suas partituras, participavam ativamente dos ensaios, gravações e apresentações. Além das fundadoras, a formação atual inclui Hélcio de Latorre (flauta e flautim), Gilson Barbosa (oboé/corne inglês), Clóvis Camargo (contrabaixo) e Nath Calan (percussão/vibrafone).

SOBRE A PRAÇA VICTOR CIVITA

Projeto pioneiro na América Latina, inaugurada em 2008, a Praça Victor Civita é resultado da iniciativa do Grupo Abril em parceria com a Prefeitura do Município de São Paulo, o Itaú, a Even Construtora e a Petrobrás.

A partir de um espaço com aproximadamente 14 mil metros quadrados e área verde com cerca de 80 árvores, a Praça oferece à população um espaço que propõe uma reflexão acerca da preservação ambiental. Também abriga o Prédio do Incinerador, instalado no antigo incinerador de Pinheiros, e desenvolve atividades de educação socioambiental, com cursos, palestras e visitas escolares, além de localização privilegiada e de fácil acesso através de transporte público ou carro.

A Praça Victor Civita, cuja capacidade máxima é de 1.500 pessoas, dispõe de um palco para espetáculos com arquibancada coberta e 290 lugares, onde ocorrem apresentações musicais, passando pelo rock, samba e música clássica, também espetáculos circenses, aulas de arte, yoga e pilates, além de atividades no centro de convivência para a terceira idade (CIIPE). O projeto foi implementado a partir da iniciativa de reviver uma região degradada pelo acúmulo de detritos ao longo dos anos, uma vez que, entre os anos de 1949 e 1989, o espaço funcionou como centro de processamento de resíduos urbanos.

Dentro das normas técnicas de acessibilidade, a área conta com uma exposição permanente sobre as formas, materiais e tecnologias empregadas no tipo de reabilitação ambiental do terreno. Além disso, a Praça Victor Civita conta com soluções arquitetônicas de reuso de água, economia energética e projeto paisagístico educativo.

A Praça Victor Civita é aberta diariamente, das 6h30 às 19h, e toda a sua programação é gratuita. Para visita de grupos escolares é necessário agendamento.

Divulgação de atividades no site (faça o cadastro no site para receber a newsletter da programação), twitter e facebook

O Quê?

Grupo AUM

Censura: livre

Quando?

Data: 22/6 (domingo)
Hora: 11h

Quanto?

Ingresso: gratuito

Onde?

Praça Victor Civita

Rua Sumidouro, 580 – Pinheiros

Outras informações: (11) 3031-3689 ou

*A apresentação acontece no palco da Praça, com arquibancada coberta para 290 e a capacidade total da praça é de 1.500 pessoas. Não é necessário retirar ingressos com antecedência. Acesso para deficientes.

Colaboração de João Jacques – Baobá Comunicação

RETRÔ MUSIC EM SBC

Uma viagem no tempo!

Dos tempos cheios de estilo e dança dos anos 50 até os nostálgicos do anos 80.

RETRO MUSIC EM SÃO BERNARDO

A Insane Inc. promove o RETRÔ MUSICevento que vai proporcionar aos seus participante uma verdadeira viagem nas décadas de 50, 60, 70 e 80 com penteados, maquiagens, fotografias, artistas plásticos e coreógrafos para que todos possam se sentir como em uma máquina do tempo!
Um evento aberto para toda a família!

retro-music-darlene-carvalho

Vai ter:

  • Música ao vivo ( De Beatles a baile nostalgia);
  • Exposição de arte e live painting com os artistas Carlo Blau e Darlene Carvalho;
  • Loja de artigos de época
  • Muitas outras coisas!

retro-music1

 

Vai ficar de fora?

O Quê?

Retrô Music

Quando?

22 de Junho de 2014, Domingo, a partir das 12h.

→ Clique aqui e confirme sua presença, convide os amigos pra curtir o domingo retrô!

Quanto?

Entrada Franca

Onde?

Centro Cultural do Taboão

Rua Alfredo Bernardo Leite, 1205 – 09670-000 – São Bernardo do Campo

 

Release: Evento Facebook

Publicado por Darlene Carvalho

HAPPY HOUR COM MÚSICA, ARTE E DESIGN

CADÊNCIA HAPPY HOUR

Continue reading →