MARATONA INFANTIL NO MIS

Olha essa programação imperdível pra criançada nesse final de semana!

maratona-infantil-mis.jpg

O MIS realiza a última edição do ano da Maratona Infantil com uma programação completa e gratuita para crianças e famílias.

Um dos destaques é o Show Badulaque, uma apresentação musical divertida e original com o duo Julia Pittier e Daniel Ayres – integrantes do Palavra Cantada. Apresentando um repertório autoral, os arranjos da dupla são compostos a partir da utilização de instrumentos não convencionais, percussão corporal, sapateado, violão elétrico, piano e efeitos eletroacústicos. As letras das músicas focam na criatividade, na curiosidade e na inteligência da criança. A atração acontece às 12h e também às 16h, no Auditório MIS (172 lugares).

Muito queridos pelo público da Maratona Infantil, os cientistas malucos da Mad Science marcam presença nesta edição com a Oficina Brincando com o Ar. As crianças vão aprender, brincar e se divertir com diversos experimentos malucos que envolvem o elemento ar. De forma lúdica e com as mãos na massa (ou melhor, no ar), os participantes irão perceber que, apesar de não podermos ver ou sentir o seu cheiro, o ar pode ser sentido, está em todo o lugar, ocupa espaço e tem até peso. As crianças verão e farão experiências incríveis, como marshmallows que mudam de tamanho com a força do ar e bolhas de sabão quadradas. A atividade acontece no segundo andar, em quatro horários: 10h30, 12h, 13h30, 15h30.

Oficinas
Diversas oficinas para toda família também merecem destaque, como: Zen Kids – Yoga e meditação; Arte Colaborativa; e Circo. Já na Oficina Apresentador Mirim, que acontece às 11h, 13h, 14h e 15h, os pequenos poderão experimentar um dia na pele de Silvio Santos – em homenagem à exposição sobre o apresentador que o MIS abre no dia 7 de dezembro. As crianças serão apresentadoras infantis no mini estúdio montado na sala da Oficina, com cenário e luzes especiais. Após serem maquiados, os participantes irão apresentar o pequeno quadro do programa com blazer, gravata, microfone e gel no cabelo no melhor estilo Silvio Santos. Os familiares poderão gravar o vídeo com seus celulares, levando uma incrível lembrança pra casa.
Figurinhas
Desde o ano passado, o MIS criou um espaço fixo de Troca de Figurinhas, para que as crianças (e adultos) possam compartilhar suas coleções e trocar suas figurinhas repetidas, dos mais variados álbuns. Além disso, em cada edição da Maratona há distribuição gratuita de um álbum diferente. A atividade acontece na área externa, das 10h às 16h. Em parceria com a Panini, nesta edição haverá quatro álbuns para distribuição: Cards Princesa, Disney Gogo’s, Naruto Shippuden e Disney English Frozen.
Completando o passeio, uma feirinha gastronômica estará disponível durante todo o dia aos visitantes: Bigorna Food Truck (lanches); My oh My (milk-shake); Mini Gulaz (doces);Pipocas Juquinha; e Fly chips (batatas no palito).
— Release Mis —

O QUÊ? QUANDO?

Maratona Infantil

Domingo, 11 de Dezembro de 2016

  • 10h às 16h
    Ponto para doação de brinquedos – Hall de entrada
  • 10h às 16h
    Espaço para troca de figurinhas – Hall de entrada
  • 10h às 16h
    Oficinas de circo | Com a Cia Estripulias Imagináveis – Tenda área externa
  • 10h às 16h
    Visita guiada + oficina na exposição O tempo de Amyr Klink | Com Núcleo Educativo – Exposição Foyer Térreo
  • 10h30, 12h, 13h30, 15h30
    Oficina Brincando com o Ar | Com Mad Science – Foyer 2º andar
  • 11h, 13h e 15h
    Contação de historia | Com a Cia do Mar – Auditório 2° andar
  • 11h, 13h e 15h
    Espetáculo O Rato que queria voar | Com a Cia Circo Oriri – Palco área externa
  • 11h, 13h, 14h e 15h
    Oficina de apresentador Mirim – Sala de Interfaces
  • 11h, 12h, 14h e 15h
    Oficina Zen Kigs – Yoga e meditação – Sala Educativo
  • 12h e 16h
    Intervenção de Mágicas cômicas | Com Cia Carolipa e Bartô – Área externa
  • 12h e 16h
    Show Badulaque – Auditório MIS


QUANTO?

Grátis


ONDE?

Mis – Museu da Imagem e do Som

Avenida Europa, 158, Jardim Europa, São Paulo – SP, Brasil.

As seguintes linhas de ônibus servem à região do museu:
107 T-10 Metrô Tucuruvi – Pinheiros
930P- 10  Term. Pq D. Pedro II – Pinheiros
908T- 10  Term. Pq D. PedroII – Butantã (circular)
7181 -10 Cidade Universitária – Term. Princ. Isabel
Para mais informações sobre trajeto de ônibus consulte o SPTrans pelo telefone 156 ou acesse http://www.sptrans.com.br
O MIS também está próximo das estações Consolação (linha verde) e Faria Lima (linha amarela) do Metrô.

Publicação: Darlene Carvalho
Anúncios

PROGRAMAÇÃO DE 2 MILHÕES NO MEMORIAL

Memorial comemora recorde histórico de 2 milhões de visitantes com programação especial

tumblr_ohrweve2ta1qcbsbho1_1280

tumblr_ohrweve2ta1qcbsbho4_1280

tumblr_ohrweve2ta1qcbsbho6_1280

Pelo menos duas em cada 10 pessoas que procuraram algum tipo de atividade cultural e de lazer em São Paulo passaram pelo Memorial da América Latina em 2016. É o que se conclui dos números divulgados nesta terça-feira, 6, pelo presidente em exercício da fundação, Irineu Ferraz, que assumiu o cargo com a saída do cineasta e escritor João Batista de Andrade, convidado pelo ministro da Cultura, Roberto Freire,  para ser o secretário-executivo da Pasta.

tumblr_ohrweve2ta1qcbsbho2_1280

tumblr_ohrweve2ta1qcbsbho3_1280

Ainda sem computar a frequência de dezembro, o balanço parcial revela que o Memorial recebeu mais de 2 milhões de visitantes nos 11 meses de 2016, praticamente o dobro de 2012, quando 1.237.534 pessoas estiveram nos espaços da instituição. Para comemorar o feito, o Memorial programou atrações especiais a partir do fim de semana e até o final do mês, todas gratuitas.

SONY DSC

Confiram:

  • Nada Será Como Antes
    Musical em homenagem aos 50 anos de carreira do cantor e compositor Milton Nascimento, dia 10, sábado, 20 h, na Praça Cívica. É a despedida do espetáculo que rodou o país nos últimos quatro anos, produzido e dirigido por Charles Möeller e Claudio Botelho. O elenco dá voz e emoção ao rico repertório da longa trajetória musical de Milton Nascimento e parceiros, o que significa que não faltarão os clássicos de sucesso como Nos bailes da vida, Travessia, Caçador de Mim, Coração de Estudante, Canção da América, Nuvem Cigana, Maria Maria e, claro, Nada Será Como Antes.
    Atenção: os portões 1, 2 e 5 serão abertos às 17h30.
    Serão distribuídos 2 mil ingressos por ordem de chegada com direito a cadeira na plateia especial.
    Classificação etária: 12 anos.
  • Festival de presépios
    Mais de 50 presépios em formato miniatura, representando a tradição do Natal no Brasil, Paraguai, Venezuela, Equador, México, Peru, Bolívia, Chile e Colômbia, compõem a exposição que o Memorial abre no dia 10 de dezembro no Espaço Gabriel García Márquez, anexo ao Pavilhão da Criatividade (portões 8 e 9).
    A atração pode ser visitada até 8 de janeiro de 2017, de terça a domingo, das 9h às 18h.
  • Festival do Sorvete
    Do tradicional banana Split às paletas mexicanas e os gelatos italianos, o 5º Festival do Sorvete chega ao Memorial da América Latina para esperar a entrada do Verão.  Entre as novidades, sorvetes veganos e sem glúten para quem tem restrição às gorduras saturadas e trans. O passeio fica completo com praça de alimentação e estandes de roupas, bijuterias e artesanato.
    Dias 10 e 11, das 10h às 20h.
    Praça da Sombra, portões 8, 9 e 12.
  • Ferrorama gigante
    A maquete modular com réplicas de locomotivas, vagões, trilhos e todo o ambiente que cerca uma ferrovia de verdade é uma das maiores da América Latina, com 100 metros de comprimento.
    Ficará em exposição nos dias 10, 11, 17 e 18, no Espaço Multiuso anexo ao Pavilhão da Criatividade, das 9h às 20h. (Praça da Sombra, portões 8, 9 e 12).
  • Mulheres Poderosas
    Em cartaz até o último dia do ano, exposição de caricaturas mostra como a mulher exerce influência nos autores de humor gráfico, como Mauricio de Sousa, Jal, Alecrim, Fernandes, J. Bosco, Baptistão, Carvall. Algumas dessas mulheres poderosas: a artista plástica Tomie Ohtake, a atriz norte-americana Meryl Streep, Rita Lee, Ana Maria Braga, Leila Diniz, ícone dos direitos femininos do século passado, a escritora Clarice Lispector e a agora santa Madre Teresa de Calcutá.
    Biblioteca Latino-Americana
    de 2 a 31/12, das 9h às 18h
    Praça Cívica, portões 1, 2 e 5.

Fundação Memorial da América Latina
Av. Auro Soares de Moura Andrade, 664
01156-001 – Barra Funda – São Paulo SP
Telefone: 11 3823 4600


Publicação: Darlene Carvalho

VIRADA DA POESIA NA CASA DAS ROSAS

A Virada Cultural 2016 em São Paulo está especialíssima! A dica é correr pra Casa das Rosas. Tem uma programação linda e poética para crianças e adultos. Confira:

Virada da Poesia

Sábado, 21/05/2016

18h – Cinema

Filme: Cinema Paradiso
Não é necessário retirar ingressos.
A sessão vai acontecer no jardim da Casa das Rosas.
Classificação etária: 12 anos.

20h30 — Música, Poesia, Show

Tranqueiras Líricas
Com Marcelo Montenegro e Marcelo Watanabe.
Nessa apresentação a poesia se funde com o som da guitarra ao ritmo de blues, jazz e rock’n’roll.

Paralelas
Com Alice Ruiz e Alzira Espíndola
Show com música e poesia.
Paralelas é o sexto trabalho de Alzira e o primeiro disco de autoria de Alice Ruiz, que celebra a parceria de mais de 20 anos da poeta e da compositora.

Domingo, 22/05/2016

Meia-Noite — Sarau, Música e Poesia.

Saraokê
Apresentação: Fino DFlow e Coletivo Saraund System
A fusão de música, poesia e improviso é o carro chefe desse sarau, aberto à participação do público. Quem tiver interesse em participar poderá escolher na hora um fundo musical criado por dj para dar ambientação à performance. As incrições começam 1 hora antes na recepção da Casa das Rosas.

2h — Show, Música.

Forró com Trio Zabumbão
Com: Fabinho Zabumbão, Zé Bodinho e Érica Fininho.

12h às 17h — Aumente sua biblioteca

Pegue Livros!
Escolha e leve para casa até 5 livros gratuitamente. Centenas de livros estarão disponíveis, selecionados pelo Centro de Apoio ao Escritor.

11h — Teatro, Circo, Humor

Retalhos Populares
Com: Palhaça Carmela
Espetáculo circense com a palhaça Carmela para toda a família se divertir.

13h — Teatro, Música, Humor

A Caravana da Palhaça Rubra
Com: Palhaça Rubra e Convidado
Espetáculo com música, humor e improviso.

15h — Teatro

Vidma, A Menina Trança Rimas
Com: Núcleo Caboclinhas
Sinopse: Vidma acredita que sua mãe é uma bruxa e sua sopa a faz viajar para diversos lugares.

17h — Show, Música

MC Soffia
com: MC Soffia e DJ Luccas
Show de rap com a MC Soffia de apenas 11 anos. As músicas dela abordam assuntos sociais.

virada-da-poesia-casa-das-rosas

Ah! Vamos, né? \o/ Não dá pra ficar de fora disso. ♥


O QUÊ?

Virada da Poesia [Virada Cultural 2016]

QUANDO?

Sábado, 21/05/2016, a partir das 18h até domingo, 22/05/2016, às 17h.

QUANTO?

Grátis

ONDE?

Casa das Rosas

Av. Paulista, 37 • Bela Vista • CEP 01311-902 • São Paulo • Brasil

Telefone: +55 (11) 3285.6986 | 3288.9447

Email: contato@casadasrosas.org.br


Publicação de Darlene Carvalho

4º SALÃO DE OUTONO DA AMÉRICA LATINA

SOAL 2016 traz 119 artistas de 14 países

Quarta edição do Salão de Outono da América Latina é realizada na Galeria Marta Traba até 6 de junho

Gustavo-Moreno_Salvador_Pintura

O Memorial inaugura no dia 6 de maio o SOAL 2016 – Salão de Outono da América Latina – exposição que traz 119 artistas de 14 países, com 179 obras de pintura, artes gráficas, escultura, fotografia, vídeo, livro de artista, instalação, performance e street art. O evento, que se realiza há 4 anos em São Paulo, é organizado em parceria com o Salon d’Automne França-Brasil e tem sua terceira edição consecutiva na Galeria Marta Traba, no Memorial. A exposição fica em cartaz na Galeria Marta Traba até o dia 5 de junho, com entrada gratuita de terça a domingo, das 9h às 18h.

Andre-Brito-Dias-Neri_SaoPaulo_fotografia

Os critérios de escolha dos participantes seguem os princípios do Salon d’Automne França-Brasil e, assim, o SOAL vai se consolidando como ponte de acesso para proporcionar visibilidade aos artistas emergentes junto ao público e ao mercado da arte. Por isso, como nos anos anteriores, os artistas interessados em participar do processo de seleção vêm de países de praticamente todos os continentes: Brasil, Argentina, Uruguai, Bolívia, Canadá, França, Polônia, Ucrânia, Bósnia & Herzegovina, Egito, Marrocos, Tunísia, Argélia e Japão. O catálogo pode ser acessado no site: www.salon-automne-franca-brasil.com.

MaMa-Tunísia-França_Pintura

O ecumenismo cultural do SOAL é um recorte que faz a diferença, como destaca o cineasta e escritor João Batista de Andrade, presidente do Memorial: “A meu ver, é um dos traços hereditários da mostra: o seu caráter de confraternização universal da arte contemporânea na América Latina deriva do mesmo espírito de fraternidade que norteou a criação do Salão de Outono de Paris, nos primórdios do século passado. É esse ecumenismo cultural que proporciona o encontro de tendências artísticas das mais diversas origens do planeta”.

JoaoGeneroso_SaoPaulo_Instalaçao-Encaustica


 

O QUÊ?

SOAL 2016 – Salão de Outono da América Latina

Classificação Livre

QUANDO?

Até 5/6/2016. Terça a domingo, das 9h às 18h.

QUANTO?

Entrada Gratuita

ONDE?

Galeria Marta Traba / Memorial da América Latina
Praça Cívica – portões 1, 2 e 5 – Metrô Barra Funda

Estacionamento: Portão 4 (R$ 20 o período)


Colaboração Memorial | Publicado por Darlene Carvalho

‘É MESMO UMA PALHAÇADA’ NO SESC

A TRUPE DUNAVÔ APRESENTA O ESPETÁCULO “É MESMO UMA PALHAÇADA” NO SESC SÃO CAETANO

O público do grande ABC e região terá a oportunidade de conhecer o trabalho da Trupe Dunavô, uma das grandes revelações do teatro infantil e jovem do ano de 2015. No dia 13 de maio, o grupo apresenta o espetáculo “É mesmo uma Palhaçada”, no SESC São Caetano.

trupe-dunavo- Foto Cristiana Fabrício (2).JPG

Foto: Cristiana Fabrício

Esse espetáculo, que já foi apresentado em diversas cidades de São Paulo, faz referência à memória do circo, divertindo o público com números autorais e clássicos da palhaçaria circense. Se você ainda não conhece o trabalho destes palhaços, se programe e vá conferir!

Sobre a Trupe Dunavô

trupe-dunavo- Foto Cristiana Fabrício (3).JPG

Foto: Cristiana Fabrício

A Trupe Dunavô, formada por Renato Ribeiro, Gis Pereira e Gabi Zanola, estará na cidade de São Caetano no dia 13 de maio, para apresentar o espetáculo É mesmo uma Palhaçada, na área de convivência do SESC São Caetano. A trupe tem uma história de longa data com a cidade, tendo já se apresentado em importantes eventos como: Revirando São Caetano, Dia de Brincar São Caetano do Sul, III e IV Entoada Nordestina SCS, Brilha São Caetano, Virada Cultural Paulista de São Caetano do Sul, Jogos Estudantis de São Caetano do Sul, Comemoração de 45 anos da Fundação das Artes de São Caetano do Sul, entre outros.

Após circular por diversos espaços, a Trupe Dunavô retorna à cidade, com seu espetáculo “É mesmo uma Palhaçada”, que passou por uma nova direção artística, e volta totalmente repaginado. Com nova trilha sonora, figurino, cenário e roteiro, a trupe convida o público para uma grande viagem no tempo, através de uma imersão na memória do circo.

O espetáculo “É mesmo uma Palhaçada”, traz a divertida história de três palhaços, que chegam para se apresentar e descobrem que estão no lugar errado. Em meio a essa grande confusão, os palhaços tentam consertar a situação, disfarçar o ocorrido e entreter os espectadores com suas ideias mirabolantes, porém muito atrapalhadas. Através de suas maravilhosas habilidades, eles provocam inúmeras situações inusitadas, mas as coisas não acontecem como o esperado e é aí que a brincadeira começa.

Com números clássicos da palhaçaria circense, mesclado às cenas de autoria do grupo, brincando entre o novo e o já consagrado pelos mestres do picadeiro, a trupe diverte o público e garante boas risadas.

trupe-dunavo- Foto Cristiana Fabrício (4).JPG

Foto: Cristiana Fabrício

Com o espetáculo “É mesmo uma palhaçada” a Trupe DuNavô se apropria da linguagem circense em seu caráter lúdico estimulando a imaginação dos espectadores – sejam eles crianças ou adultos – de forma acolhedora e generosa, sem a mínima distinção. Dessa forma, promovem um verdadeiro resgate da memória do circo, valorizando a cultura popular, relembrando clássicos e convidando o público a reviver os grandes e tradicionais circos do passado.

trupe-dunavo-foto-Julio Leão (3).jpg

Além deste trabalho, a Trupe Dunavô tem em seu histórico uma aclamada temporada no Centro Cultural São Paulo no ano de 2015, quando surpreendeu a todos com uma delicada fábula chamada Refugo Urbano, que arrebatou o público, esgotando ingressos na Sala Jardel Filho (a maior do Centro Cultural São Paulo, com cerca de 320 lugares). Nessa temporada de estreia de seu primeiro espetáculo totalmente autoral, atraiu também os olhares da crítica especializada, recebendo duas indicações para o Prêmio São Paulo de Incentivo ao Teatro Infantil e Jovem, nas categorias Melhor Atriz (Gabi Zanola) e Prêmio Sustentabilidade, categoria com a qual foi premiado. Em uma votação especial, organizada para escolher os melhores do ano, o espetáculo foi ainda eleito pelos leitores do Guia Folha como Melhor Espetáculo Infantil do Ano de 2015.

trupe-dunavo-foto-Julio Leão (6).jpg

Se você ainda não conhece o trabalho deste grupo, que é uma das grandes revelações do teatro infantil e jovem do ano de 2015, não perca esta oportunidade! A apresentação acontece no dia 13 de maio, às 20h00, na área de convivência do SESC São Caetano e a entrada é gratuita.

Mais informações nas redes sociais da Trupe Dunavô:

 

trupe-dunavo-foto-Julio Leão (5).jpg

SINOPSE – É MESMO UMA PALHAÇADA

Um grupo de palhaços chega de uma turnê internacional de seu fabuloso espetáculo. Partindo de um cortejo, eles convidam o público a assistir esse grande show de variedades. Ao chegar ao local da apresentação, eles percebem que o cenário montado pertence a outro grupo e que eles foram parar em cidade errada, porém, os seguidores do cortejo estão na expectativa e o show tem que acontecer!

Os palhaços passam a vasculhar esse cenário desconhecido e a “improvisar” cenas com os diferentes objetos encontrados. Passeando por ilusionismo, mágica, dança e demais variedades circenses, eles se revezam apresentando cenas clássicas e autorais, arrancando boas gargalhadas! E convidam o público para um verdadeiro resgate da memória do circo, valorizando a cultura e proporcionando uma vivência no ambiente circense, que não deve ser esquecida.

trupe-dunavo-foto-Julio Leão (4).jpg


O QUÊ?

Espetáculo: É Mesmo Uma Palhaçada, com a Trupe Dunavo.

Duração: 50 minutos.Classificação: Livre.

QUANDO?

Sexta-feira, 13 de maio de 2016, às 20h.

QUANTO?

Entrada Franca

ONDE?

SESC São Caetano – Área de Convivência

R. Piauí, 554 – Santa Paula, São Caetano do Sul – SP

Telefone: (11) 4223-8800


Colaboração de Luciana Gandelini| Publicação de Darlene Carvalho

O CORPO NÃO AGUENTA MAIS TUDO AQUILO QUE O COAGE

O Coletivo Ágata convoca:

“Amig+s, convidamos a todos para o encontro “O corpo não aguenta mais tudo aquilo que o coage”, que acontece nos dias 10, 12 e 13 de maio no Condomínio Cultural.

Frente ao conturbado cenário político e das pequenas opressões diárias, apostamos no potencial crítico da arte e da cultura na construção de novas relações. Apareçam!”

coletivo-agata-condominio-cultural

Realização Coletivo Ágata. Apoio: Condomínio Cultural.

 

O Quê? Quando?

O Corpo não aguenta mais tudo aquilo que o coage

Trocas sobre fascismos, feminismos e artes

— Conversas, debates, performances

Programação:

10/05/2016

20h

Conversa e leitura poética da peça ‘Amadeleite’ e do livro ‘Memórias da Bananeira’ com Ana Luisa Lima (crítica de arte) e Isadora Krieger (escritora).

12/05/2016

18h30

Conversa e performance da artista portuguesa Priscila Davanzo

20h30

Conversa sobre arte e artistas feministas com Carla Cristina Garcia (pesquisadora e professora da PUC-SP)

13/05/2016

18h30 Conversa sobre fotografia e as mulheres na campanha Kodak Girl com Lívia Aquino (Pesquisadora e coordenadora do curso de pós-graduação em fotografia na FAAP)

20h30 Conversa sobre biopolítica com Peter Pál Pelbart (filósofo, professor da PUC-SP e membro da Cia Teatral Ueinzz)


Quanto?

Entrada Franca.


Onde?

Condomínio Cultural

Rua Bica de Pedra, 141 | Vila Anglo Brasileira | São Paulo, SP | 05028-140 (entrada pela Rua Mundo Novo, 342 — vide mapa)

Telefone: (11) 4304-4121 | Email: condo@condominiocultural.org.br


Publicado por Darlene Carvalho

GRÁTIS: DOCUMENTÁRIO ‘ENVELHESCÊNCIA’ NA CINEMATECA

Cinemateca Brasileira faz sessão gratuita do documentário Envelhescência

Com parceria do Instituto Paliar, evento inclui debate com cineasta e médica especialista em cuidados paliativos   

 

A Cinemateca Brasileira realiza na próxima quarta-feira a exibição gratuita do documentário nacional Envelhescência. O filme será apresentado na Sessão Averroes, um programa que existe desde 2009 e oferece sessões de cinema e debates dedicados a profissionais e estudantes das áreas da saúde e ao público em geral interessado em questões que tangenciam a vida, a morte, o envelhecimento e os cuidados com a terminalidade da vida.

A atração do dia 25/11 é o documentário de Gabriel Martinez (2015). A exibição é seguida de mesa de reflexão com a presença do diretor do filme, da oncologista e paliativista Dalva Yukie Matsumoto e mediação da jornalista Ana Luisa Zaniboni Gomes. A SESSÃO AVERROES deste mês conta com apoio da Faculdade de Medicina de Itajubá, do Instituto Paliar, da Academia Nacional de Cuidados Paliativos e da Coordenação de Políticas para Idosos da Secretaria Municipal de Direitos Humanos e Cidadania da Prefeitura de São Paulo.

Batizado em alusão a Averroes, considerado um dos pais da medicina, o evento acontece na última quarta-feira de cada mês, sempre às 19h00.


 

FICHA TÉCNICA | SINOPSE

Envelhescência. Brasil, 2015. Direção: Gabriel Martinez. Documentário, 74 min. Exibição em DVD. Com  Edson Gambuggi, Judith Caggiano, Luiz Schirmer, Ono Sensei, Oswaldo Silveira, Edméia Corrêa, Alexandre Kalache, Mirian Goldenberg e Mário Sérgio Cortella. Argumento: Ruggero Fiandanese | Estúdio e Distribuição: Lado B Filmes  |Edição: Caio Rodriguez | Fotografia: Daniel Dias | Música: Marcelo Fruet | Operador de câmera: Raphael Mariano  | Produção: Samarah Kojima.


 

O documentário mostra que o preparo para o envelhecimento humano pode ser encarado e vivenciado com leveza, positivismo e bom humor. Se a velhice pode ser limitante em diversos aspectos, uma atitude proativa, humorada e, sobretudo, a disposição de refutar estigmas sociais e estereótipos fortemente arraigados na sociedade contemporânea podem ser a chave para a gratificação e realizações nesta etapa da vida. A irreverência dos personagens retratados revela uma tônica que parece reger a nova geração de “futuros idosos”. Confira o trailer do filme em www.envelhescencia.com.br/trailer/envelhescencia/

MESA DE REFLEXÃO  | CONVIDADOS

  • Gabriel Martinez –cineasta
  • Dalva Yukie Matsumoto – médica oncologista e paliativista, coordenadora da Hospedaria de Cuidados Paliativos do Hospital do Servidor Público Municipal – HSPM, Diretora do Instituto Paliar e Membro Diretor da Academia Nacional dos Cuidados Paliativos – ANCP.
  • Ana Luisa Zaniboni Gomes – Jornalista, pesquisadora, diretora da OBORÉ e curadora das sessões Averroes. [mediação]

Sobre o Instituto Paliar

Fundado em 2006 por Dra. Dalva Yukie Matsumoto, Dra. Maria Goretti Sales Maciel e Dr. Ricardo Tavares de Carvalho, o Instituto Paliar nasceu com o objetivo de se tornar um centro de excelência na prática, ensino e pesquisa em medicina paliativa e cuidados paliativos. O Paliar oferece também serviços de ensino, pesquisa e consultoria para hospitais, instituições prestadoras de assistência à saúde, instituições de ensino, empresas e o público em geral. Para mais informações, acesse: www.paliar.com.br


O QUÊ? QUANDO?

Quarta-feira, 25/11/2015

19h – Documentário: Envelhescência

20h30 – Mesa de Reflexão

QUANTO?

Grátis

ONDE?

CINEMATECA BRASILEIRA

Largo Senador Raul Cardoso, 207 – Vila Clementino (próximo ao metrô Vila Mariana e Ana Rosa) 


Colaboração de Thiago Rebouças / Publicação de Darlene Carvalho