PROGRAMAÇÃO DE 2 MILHÕES NO MEMORIAL

Memorial comemora recorde histórico de 2 milhões de visitantes com programação especial

tumblr_ohrweve2ta1qcbsbho1_1280

tumblr_ohrweve2ta1qcbsbho4_1280

tumblr_ohrweve2ta1qcbsbho6_1280

Pelo menos duas em cada 10 pessoas que procuraram algum tipo de atividade cultural e de lazer em São Paulo passaram pelo Memorial da América Latina em 2016. É o que se conclui dos números divulgados nesta terça-feira, 6, pelo presidente em exercício da fundação, Irineu Ferraz, que assumiu o cargo com a saída do cineasta e escritor João Batista de Andrade, convidado pelo ministro da Cultura, Roberto Freire,  para ser o secretário-executivo da Pasta.

tumblr_ohrweve2ta1qcbsbho2_1280

tumblr_ohrweve2ta1qcbsbho3_1280

Ainda sem computar a frequência de dezembro, o balanço parcial revela que o Memorial recebeu mais de 2 milhões de visitantes nos 11 meses de 2016, praticamente o dobro de 2012, quando 1.237.534 pessoas estiveram nos espaços da instituição. Para comemorar o feito, o Memorial programou atrações especiais a partir do fim de semana e até o final do mês, todas gratuitas.

SONY DSC

Confiram:

  • Nada Será Como Antes
    Musical em homenagem aos 50 anos de carreira do cantor e compositor Milton Nascimento, dia 10, sábado, 20 h, na Praça Cívica. É a despedida do espetáculo que rodou o país nos últimos quatro anos, produzido e dirigido por Charles Möeller e Claudio Botelho. O elenco dá voz e emoção ao rico repertório da longa trajetória musical de Milton Nascimento e parceiros, o que significa que não faltarão os clássicos de sucesso como Nos bailes da vida, Travessia, Caçador de Mim, Coração de Estudante, Canção da América, Nuvem Cigana, Maria Maria e, claro, Nada Será Como Antes.
    Atenção: os portões 1, 2 e 5 serão abertos às 17h30.
    Serão distribuídos 2 mil ingressos por ordem de chegada com direito a cadeira na plateia especial.
    Classificação etária: 12 anos.
  • Festival de presépios
    Mais de 50 presépios em formato miniatura, representando a tradição do Natal no Brasil, Paraguai, Venezuela, Equador, México, Peru, Bolívia, Chile e Colômbia, compõem a exposição que o Memorial abre no dia 10 de dezembro no Espaço Gabriel García Márquez, anexo ao Pavilhão da Criatividade (portões 8 e 9).
    A atração pode ser visitada até 8 de janeiro de 2017, de terça a domingo, das 9h às 18h.
  • Festival do Sorvete
    Do tradicional banana Split às paletas mexicanas e os gelatos italianos, o 5º Festival do Sorvete chega ao Memorial da América Latina para esperar a entrada do Verão.  Entre as novidades, sorvetes veganos e sem glúten para quem tem restrição às gorduras saturadas e trans. O passeio fica completo com praça de alimentação e estandes de roupas, bijuterias e artesanato.
    Dias 10 e 11, das 10h às 20h.
    Praça da Sombra, portões 8, 9 e 12.
  • Ferrorama gigante
    A maquete modular com réplicas de locomotivas, vagões, trilhos e todo o ambiente que cerca uma ferrovia de verdade é uma das maiores da América Latina, com 100 metros de comprimento.
    Ficará em exposição nos dias 10, 11, 17 e 18, no Espaço Multiuso anexo ao Pavilhão da Criatividade, das 9h às 20h. (Praça da Sombra, portões 8, 9 e 12).
  • Mulheres Poderosas
    Em cartaz até o último dia do ano, exposição de caricaturas mostra como a mulher exerce influência nos autores de humor gráfico, como Mauricio de Sousa, Jal, Alecrim, Fernandes, J. Bosco, Baptistão, Carvall. Algumas dessas mulheres poderosas: a artista plástica Tomie Ohtake, a atriz norte-americana Meryl Streep, Rita Lee, Ana Maria Braga, Leila Diniz, ícone dos direitos femininos do século passado, a escritora Clarice Lispector e a agora santa Madre Teresa de Calcutá.
    Biblioteca Latino-Americana
    de 2 a 31/12, das 9h às 18h
    Praça Cívica, portões 1, 2 e 5.

Fundação Memorial da América Latina
Av. Auro Soares de Moura Andrade, 664
01156-001 – Barra Funda – São Paulo SP
Telefone: 11 3823 4600


Publicação: Darlene Carvalho

BARUERI PUNK OI! II

No próximo domingo à tarde acontecerá em Barueri um festival com bandas punk: Lobos Insanos, Subalternos e Stouts. A entrada custa apenas R$ 10. Veja o flyer, chame os amigos e compareça!

punk-rock-barueri-banda-do-cesar.jpeg

Curta as página: Banda Subalternos | Facebook


O QUÊ?

Barueri Punk Oi! II — Bandas: Lobos Insanos, Subalternos, Stouts


QUANDO?

Domingo, 11 de Dezembro de 2016, a partir das 15h.


QUANTO?

R$ 10


ONDE?

Bar Kudo Pinguim

Rua Jequitibá, 87 – Parque Viana – Barueri – SP (Próximo ao Terminal Parque Viana)


Publicação: Darlene Carvalho

MÚSICA ORGÂNICA NO CCB

musica-organica

musica-organica-02

musica-organica-04

Música Orgânica é um grupo de Santa Catarina, formado por André de Miranda, Carlinhos Ribeiro e Cezinha Silva, que apresenta composições autorais através das quais o trio experimenta a sonoridade na afinação dos instrumentos na frequência de 432Hz (diferente do padrão usual de afinação a 440Hz) – afinação que segundo algumas teorias é mais harmônica com a natureza e por isso dita ‘orgânica’ – juntamente com poesias tratam com simplicidade e de forma bastante sensível de temas como a necessidade da retomada de consciência e a preservação de nosso patrimônio natural e histórico.

musica-organica-01

O disco “O Dia de Despertar” tem produção musical de Marcos Archetti.


O QUÊ?

Música Orgânica — Turnê de lançamento do disco O Dia de Despertar


QUANDO?

Data: 08 de dezembro de 2016

Abertura da sala de apresentação: 21h

Início do show: 22h

Encerramento da casa: 1h


QUANTO?

Valor: R$10


ONDE?

 

CCB – Centro Cultural Butantã

Av. Corifeu de Azevedo Marques, 1882, São Paulo, SP.

Telefone: 11 97144-9804


Colaboração: Maína | Publicação: Darlene Carvalho

NU FAZ SHOW NA FESTA CASA DE PANDORA

Divulgacao 3- Foto- Pedro Hurpiajpg

O NU, duo de música eletrônica formado pela cantora e compositora Ligiana Costa e o compositor e produtor musical Edson Secco, se apresenta hoje, 24/10, na festa Casa de Pandora que acontece na Casa da Luz, no centro de São Paulo. O show acontece às 18h e tem entrada gratuita.

festa-casa-de-pandora-24-outubro-2015

Mais informações sobre o evento no Mistura UrbanaCasa de Pandora #3 – arte, moda, música, design e gastronomia.


O QUÊ?

Show: NU, na festa Casa de Pandora.

QUANDO?

Sábado, 24/10/2015, às 18h.

QUANTO?

Grátis

ONDE?

Casa da Luz
Rua Mauá, 512 – Centro – São Paulo – SP (próximo à estação Luz (metrô/trem))


Colaboração de Fabíola Ribeiro | Publicado por Darlene Carvalho

CIRCUITO SÃO PAULO DE CULTURA

circuito-sao-paulo

Domingo começa o Circuito São Paulo de Cultura com o show da ZAZ, Céu e Tulipa Ruiz no Auditório Ibirapuera às 18h. Entrada franca.

zaz-allianz

ZAZ

+

tulipa-ruiz

Tulipa Ruiz

+

Céu em show Nov/2012. Foto: Felipe Diniz / Uol Entretenimento

Céu

Confira aqui a programação riquíssimahttp://circuitospdecultura.prefeitura.sp.gov.br/agenda/

Marcelo-Jeneci-foto-Daryan-Dornelles

Marcelo Jeneci, 04/04/2015, 20h, Teatro Império, Grátis (retirar ingresso 1h antes).

Publicado por Darlene Carvalho

CHORINHO NO MEMORIAL — GRÁTIS!

chorinho-memorial-agendacult-1

A praça do Memorial da América Latina começa a se consolidar como novo ponto de encontro do chorinho em São Paulo. A série de shows produzida por Luis Avelima convida grupos de todos os cantos da cidade, famosos ou ainda nem tanto conhecidos do grande público, confirmando que o chorinho voltou aos seus bons tempos.

Uma dessas novidades é o Cadeira de Balanço, que se apresenta neste sábado, dia 4, véspera de eleições. O grupo é formado por seis rapazes de formação acadêmica que, depois do convencional batismo tocando nos bares da noite, foram incentivados por Yamandu Costa a gravar seu primeiro CD, Bagunça Generalizada, lançado em 2010.

O repertório traz composições de vários mestres do chorinho, mas as criações do grupo também surpreendem. Eles abusam do uso das percussões, fazendo um delicioso passeio por dinâmicas, intensidades e timbres. Incorporam também em sua formação o pífano, instrumento de sopro muito raro nos conjuntos de choro.

chorinho-memorial-agendacult

Ficha Técnica:
Léo Rodrigues, Henrique Araújo, Enrique Menezes, Rafael Toledo, Gian Correa e Douglas Alonso.

O Quê?

CHORINHO NO MEMORIAL

Quando?

Dia 4, sábado, 18h.

Quanto?

GRÁTIS

Onde?

Praça do Memorial, ao lado do Metrô Barra Funda.

Acesso pelos portões 1, 2, 5 e 6

Colaboração de Nicole Lima

BANDA DE PÍFANOS EM SÃO PAULO NESSE FINAL DE SEMANA!

Turnê Mestre Zé do Pife e as Juvelinas chega a São Paulo

De Brasília a São José do Egito, grupo parte ao encontro de grupos tradicionais e das raízes do mestre Seu Zé

Seu_Ze_Turne_São_Paulo

Mestre Zé do Pife e as Juvelinas, tradicional banda de pífanos formada em Brasília, está viajando pelo Brasil. Entre 15 de julho e 8 de setembro, o grupo sai do DF para passar por três estados com a circulação musical “De Brasília a São José do Egito”. O pouso final da caravana, que já movimentou grupos e comunidades de Pernambuco e Ceará, será em Campinas e São Paulo capital.

Ao passar por três estados e pelo DF, a ideia é trocar saberes e experiências no encontro com grupos tradicionais e oferecer apresentações, cortejos e oficinas. O resultado esperado é a comunhão com os grupos anfitriões e a população das cidades visitadas. Uma jornada não apenas de apresentações culturais e pesquisa, mas também de resgate e de divulgação da cultura popular brasileira.

Mestre Zé do Pife e as Juvelinas pousa em Campinas entre 28 de agosto e 1º de setembro, onde se encontrará com o grupo local Flautins Matuá. Será um intercâmbio sobre a pesquisa do pife em uma roupagem contemporânea. De 2 a 7 de setembro, a turnê “De Brasília a São José do Egito” se despede da estrada na capital paulista, onde encontrará a tradicional Banda de Pífanos de Caruaru, formada há 87 anos pela família pernambucana Biano, atualmente radicada em SP.

De volta para casa, Mestre Zé do Pife e as Juvelinas pretende trazer para o público brasiliense um pouco da experiência adquirida durante o intercâmbio com as bandas tradicionais de pífano do nordeste e sudeste do país e de todo o aprendizado com a população de cada região. Pela capital federal também serão realizados shows e oficinas.

Seu_Ze_Juvelinas-Foto_Alan_Shivas

Turnê Nacional

Em julho, a turnê realizou a primeira parada em São José do Egito (PE), cidade natal de Seu Zé. Lá, encontraram a Banda de Pífano de Riacho do Meio, que é a última banda de pife viva na cidade, liderada por Seu Zeca, irmão e pareia de Seu Zé. O grupo realizou apresentações e oficinas de confecção e toque do pife em escolas, para estimular a cultura popular na raiz: as crianças. No Cariri e Crato (CE), passou entre 25 de julho e 02 de agosto. Berço de muitas bandas cabaçais e de pife tradicionais, encontraram por lá o “Reisado dos Irmãos” e o centenário grupo “Irmãos Aniceto”.

A turnê “De Brasília a São José do Egito” surge para realizar o (re)encontro com a origem da linguagem da banda de pífano. Essa circulaçãonacional dá continuidade ao trabalho desenvolvido em 2012 no Distrito Federal, no qual Mestre Zé do Pife e as Juvelinas vivenciou trocas e apresentações conjuntas com quatro grupos representantes da cultura popular do DF: Mambembrincantes, Martinha do Coco, Sivuquinha do Acordeon e Casa Moringa.

Leia a entrevista do grupo aqui.

Turne_Seu_Ze_Juvelinas-Foto_Chico_Furtado

Sobre o Mestre e as Juvelinas

Natural de São José do Egito (PE), Mestre Zé do Pife, também conhecido como Seu Zé, é tocador e fabricante de pife há 50 anos. É também compositor de versos e aboios de vaqueiros. Quando jovem, trabalhou como lavrador e na construção civil. Radicado em Brasília há mais de 20 anos, formou em 2007 a banda de pífanos Mestre Zé do Pife e as Juvelinas, agregando jovens mulheres que conheceu em suas andanças pela capital federal. O grupo entende que a cultura nordestina é raiz fundante da identidade brasiliense e brasileira e, por isso, busca sua difusão e atualização através de projetos, apresentações e oficinas.

Na estrada do Mestre, consagrado pelo povo e pelo Prêmio Culturas Populares e Ação Griô Nacional (MinC), já são dois CDs: “Zé do Pife: de avô para neto” (2008) e “De Brasília a São José do Egito” (2010). Em parceria com a Universidade de Brasília (UnB), Seu Zé ministra desde 2007 oficinas de pífano semestrais, dentro da Universidade. Foi lá que começaram os encontros com as juvelinas: Valéria Lehmann (pífano, rabeca e voz), Kika Brandão (pífano e voz), Maísa Amorim (pífano e voz), Naira Carneiro (pífano, sanfona e voz), Luciana Bergamaschi (triângulo e voz), Andressa Ferreira (caixa, violão e voz), Isa Flor (zabumba e voz) e Gutcha Ramil (pratos, violino e voz).

Para saber mais e acompanhar o diário de bordo da circulação de Mestre Zé do Pife e as Juvelinas, é só acessar: www.zedopifejuvelinas.com.brwww.facebook.com/zedopife.

O Quê?

Mestre Zé do Pife e as Juvelinas

Quanto?

Grátis.

 

Quando? Onde?

06/09, às 19h.

    Centro Cultural Adamastor – Cortejo e Show
    Endereço: Av. Monteiro Lobato, 734, Macedo – Guarulhos (SP)

07/09, às 16h – Show com a Banda de Pífanos de Caruaru
    Apresentação no Centro de Tradições Nordestinas, com a Banda de Pífanos de Caruaru
    Endereço: Rua Jacofer, 615, Bairro do Limão – São Paulo (SP)

Colaboração de Keyane Dias