ENCONTROS SOBRE DIREITOS HUMANOS E JUVENTUDE

Sesc e Núcleo de Estudos da Violência da USP realizam encontros sobre direitos humanos e juventude

Sérgio Adorno, Marcelo Batista Nery e Eduardo Marangoni Canesin, Bruno Paes Manso estão entre os palestrantes.

O Centro de Pesquisa e Formação do Sesc, em parceria com o Núcleo de Estudos da Violência da USP, realiza, de 9 a 18 de maio, a série de encontros Direitos Humanos e Juventude, que visa discutir as várias relações entre juventude, violência, lei, intolerância e estereótipos midiáticos.

A série aborda como a intolerância e a delinquência afetam a socialização e percepção dos jovens; o diálogo sobre o processo de aprendizagem das normas e leis entre jovens; o crescimento e a queda dos homicídios dolosos e as razões para a variabilidade das taxas desses crimes na capital paulista; os jovens como notícia e como produtores de notícia.

Entre os palestrantes estão os sociólogos Sérgio Adorno, Marcelo Batista Nery e Eduardo Marangoni Canesin, os pesquisadores da NEV-USP, Aline Mizutani eRenan Theodoro, o cientista político e jornalista Bruno Paes Manso, e o professor Vitor Souza Lima Blotta.

Confira a programação:

Segunda-feira, 09/05/2016

Violência, anestesia moral e socialização de jovens na contemporaneidade.

Como entender os discursos de ódio e tentativas de redução da maioridade penal? Quais os efeitos das diferentes expressões de intolerância (como bullyng, preconceitos, humilhações) sobre a formação e socialização desses grupos sociais?

Com Sérgio Adorno, Professor Titular e Diretor da FFLCH/USP e Coordenador Científico do NEV-USP. Doutor em Sociologia pela USP, com pós-doutorado pelo Centre de Recherches Sociologiques sur le Droit et les Institutions Pénales, na França.

 

Quarta-feira, 11/05/2016

Juventude, autoridade e socialização legal

Debate com pesquisadores sobre como os jovens aprendem a se relacionar com as normas, as regras e as autoridades sociais. Neste processo de aprendizado, a qualidade das interações com as autoridades é fundamental.

Com Aline Mizutani, pesquisadora do NEV-USP, mestre em Psicologia pela USP.

Com Renan Theodoro, pesquisador do NEV-USP, mestre em Sociologia pela USP.

Segunda-feira, 16/05/2016

Homicídio e cultura da violência: as condicionantes dos assassinatos dos jovens paulistanos

O questionamento das explicações para o crescimento dos homicídios, sua concentração em locais específicos da cidade de São Paulo e a queda dos homicídios verificada posteriormente.

Com Bruno Paes Manso, Doutor em Ciência Política pela USP. Atualmente realiza pesquisa de Pós-Doutorado no NEV/USP. Jornalista.

Com Marcelo Batista Nery, Doutorando em Sociologia na USP (com doutorado sanduíche em UC Berkeley). Atualmente presta consultorias, ministra cursos de curta duração e realiza pesquisas no NEV/USP.

Quarta-feira, 18/05/2016

Jovens na mídia, mídias da juventude e cidadania

Os jovens estão na mídia, muitas vezes sendo noticiados com vieses tendenciosos. Além disso, também são produtores de conteúdo, possuindo seus próprios meios e mídias. Em debate, os dois fenômenos e suas relações com a cidadania.

Com Vitor Souza Lima Blotta, professor de Ética e legislação do Jornalismo na ECA-USP e pesquisador associado ao NEV. Vice coordenador do grupo Jornalismo, Direito e Liberdade (ECA-USP/IEA-USP).

Com Eduardo Marangoni Canesin, sociólogo formado pela USP, pesquisador do NEV-USP e pesquisador-graduado do grupo Jornalismo, Direito e Liberdade (ECA-USP/IEA-USP).

Sobre o CPF-Sesc

Inaugurado em agosto de 2012, o Centro de Pesquisa e  Formação do Sesc é uma unidade do Sesc São Paulo voltada para a produção de conhecimento, formação e difusão e tem o objetivo de estimular ações  e desenvolver estudos nos campos cultural e socioeducativo.

Além do Curso Sesc de Gestão Cultural – que visa a qualificação para a gestão cultural de profissionais atuantes no campo das Artes, tanto de instituições públicas como privadas – a unidade proporciona o acesso à cultura de forma ampla, tematicamente, por meio de cursos, palestras, oficinas, bate-papos, debates e encontros nas diversas áreas que compreendem a ação da entidade, como artes plásticas e visuais, ciências sociais, comportamento contemporâneo e cotidiano, filosofia, história, literatura e artes cênicas.


O QUÊ?

Direitos Humanos e Juventude

Recomendação etária: 16 anos. Número de vagas: 30.

Atividade com tradução em libras. Solicitação deve ser feita no ato da inscrição, com no mínimo dois dias de antecedência da atividade.

QUANDO?

Dias 9, 11, 16 e 18 de maio de 2016. Segundas e quartas, das 19h30 às 21h30.

QUANTO?

R$ 50,00 (inteira); R$ 25,00 (aposentado, pessoa com mais de 60 anos, pessoa com deficiência, estudante e professor da rede pública);  R$ 15,00(trabalhador do comércio de bens, serviços e turismo credenciado no Sesc e dependentes).

ONDE?

Centro de Pesquisa e Formação – CPF Sesc

Rua Dr. Plínio Barreto, 285 – 4º andar.


Horário de funcionamento: de segunda a sexta, das 10h às 22h. Sábados, das 9h30 18h30.
Tel: 3254-5600

Informações e inscrições pelo site → sescsp.org.br/cpf — ou nas unidades do Sesc no Estado de São Paulo.


Colaboração de Rita Solimeo Marin | Publicado por Darlene Carvalho

FEVEREIRO É MÊS DE GENTE ARTEIRA NA CAIXA CULTURAL

Programação da Caixa em Fevereiro para gente arteira abrange crianças e adultos.

Oficina de máscaras de carnaval para crianças acompanhadas de responsáveis; dança circular para idosos; performances para jovens a partir de 16 anos; aula de história da arte para crianças (sempre acompanhadas por pessoas responsáveis); palestra sobre o modernismo em são paulo, essa é recomendada para professores e educadores em geral; contação de histórias em libras; e ação educativa de Libras.

Interessado em visitas monitoradas? Informe-se sobre tudo o que acontecerá por lá e faça agendamentos de grupos pelo telefone (11) 33214400. Se for inscrição individual, envie um email para supervisao.sp@gentearteira.com

Onde?

Caixa Cultural São Paulo
Praça da Sé, 111 – São Paulo, SP, BR.
Terça a domingo, das 9h às 19h.

gente-arteira-caixa-cultural-2016

Para não se perder, veja o mapa aqui:

Já curtiu a página da Caixa Cultural no Facebook? É essa aqui, olha: www.fb.com/CaixaCulturalSaoPaulo/


Publicado por Darlene Carvalho

PALESTRA SOBRE TURISMO COMUNITÁRIO NA AMÉRICA LATINA

Turismo comunitário na América Latina: reflexões e práticas

Esse é o nome da palestra que o sociólogo equatoriano Carlos Maldonado apresenta no Centro de Pesquisa e Formação – CPF Sesc.

Em dois encontros, dias 10 e 11 de agosto, Maldonado fala sobre questões relacionadas ao universo do turismo de base comunitária, como a oferta turística das comunidades rurais como opção consistente com as novas dinâmicas do mercado, a valorização da identidade cultural promovida por seus produtos e as restrições que essas comunidades enfrentam ao serem excluídas das instituições e discriminadas no acesso aos recursos produtivos, serviços públicos e mercados. A palestra conta com tradução simultânea.

Sobre Carlos Maldonado

Doutor em Sociologia pelo Instituto de Planejamento Urbano de Paris. Diploma de Estudos Econômicos e Sociais pela Universidade da Sorbonne. Arquiteto-urbanista formado na Universidade de Cuenca.

Sobre o CPF Sesc 

O Centro de Pesquisa e Formação é uma unidade do Sesc São Paulo cuja proposta é constituir um espaço articulado entre produção de conhecimento, formação e difusão nas áreas da Educação, Cultura, Arte, Gestão e Mediação, por meio de cursos, palestras, encontros, nacionais e internacionais, bem como estudos, pesquisas e publicações.

Implantada em agosto de 2012, a unidade amplia o compromisso do Sesc em São Paulo no campo da cultura, compreendendo a educação como uma ação permanente. É composto por três núcleos: o Núcleo de Pesquisas se dedica à produção de bases de dados, diagnósticos e estudos em torno das ações culturais e dos públicos. O Núcleo de Formação promove encontros, palestras, oficinas e cursos. O Núcleo de Publicações e Difusão se volta para o lançamento de trabalhos nacionais e internacionais que ofereçam subsídios à formação de gestores e pesquisadores.


O QUÊ?

PALESTRA: Turismo comunitário na América Latina: reflexões e práticas

Recomendação etária: 16 anos.

QUANDO?

Dias 10 e 11 de agosto de 2015.

Segunda e terça, das 19h às 21h30.

QUANTO?

R$ 30 (inteira)

R$ 15 (aposentado, pessoa com mais de 60 anos, pessoa com deficiência, estudante e professor da rede pública).

R$ 9 (trabalhador do comércio de bens, serviços e turismo credenciado no Sesc e dependentes).

Inscrições pelo site ou nas unidades do Sesc no Estado de São Paulo.

Número de vagas: 30.

ONDE?

Centro de Pesquisa e Formação – CPF Sesc

Rua Dr. Plínio Barreto, 285 – 4º andar, São Paulo, SP. Telefone: (11) 3254-5600.

Colaboração de Rita de Cassia Solimeo Marin / Publicado por Darlene Carvalho

CIRCUITO SÃO PAULO DE CULTURA

circuito-sao-paulo

Domingo começa o Circuito São Paulo de Cultura com o show da ZAZ, Céu e Tulipa Ruiz no Auditório Ibirapuera às 18h. Entrada franca.

zaz-allianz

ZAZ

+

tulipa-ruiz

Tulipa Ruiz

+

Céu em show Nov/2012. Foto: Felipe Diniz / Uol Entretenimento

Céu

Confira aqui a programação riquíssimahttp://circuitospdecultura.prefeitura.sp.gov.br/agenda/

Marcelo-Jeneci-foto-Daryan-Dornelles

Marcelo Jeneci, 04/04/2015, 20h, Teatro Império, Grátis (retirar ingresso 1h antes).

Publicado por Darlene Carvalho

BATE-PAPO SOBRE FOTOGRAFIA NA CAIXA

unnamed

O QUÊ?

Bate-papo: “Limiares entre a fotografia documental e artística”

QUANDO?

Sábado, 28/02/2015, das 16h às 18h.

QUANTO?

Grátis. Reserve sua vaga por telefone (11)3321-4400.

ONDE?

Praça da Sé, 111, São Paulo, SP.

Publicado por Darlene Carvalho

PALESTRAS SOBRE LEGENDAGEM E AUDIODESCRIÇÃO NA CINEMATECA

cinemateca

Clique aqui e acesse o site da Cinemateca para saber mais detalhes.

Publicado por Darlene Carvalho

ANIVERSÁRIO DE SÃO PAULO COM MUSTACHE E OS APACHES NA CAIXA

MUSTACHE-E-OS-APACHES

FOTO: Allyson Alapont

Em clima de lançamento de vinil, a banda “Mustache e os Apaches” comemora o aniversário de São Paulo com show gratuito e palestra na Caixa Cultural em 25 de janeiro. O disco apresenta duas músicas, “Chuva Ácida” no lado A e “Todo Trem” no lado B. Grátis!

A banda reúne cinco músicos inspirados pelas Jug Bands norte americanas e iniciou seu projeto apresentando-se nas ruas de São Paulo. A produção é da Dinâmica Agência de Cultura e o patrocínio da Caixa Econômica Federal.

“Mustache e os Apaches”, que começou na base do improviso, acabou cruzando o oceano. Mesmo antes de lançar seu primeiro disco, o grupo realizou diversos shows pela Europa, em cidades como Paris, Londres, Bruxelas e Praga. Depois disso, em turnê pelo Brasil, apresentou-se na CAIXA Cultural Recife e em diversas outras casas de show, teatros e centros culturais.

Atualmente, a banda prepara o seu próximo disco, híbrido na sua essência, pois conflui as influências do blues, New Orleans Jazz e do Folk Norte-Americano, em uma sonoridade contemporânea e legitimamente brasileira.

PALESTRA

Palestra sobre criação musical e música independente com os integrantes do grupo, no dia 25 de janeiro.

SOBRE A BANDA

A banda é formada pelos gaúchos Pedro Pastoriz (Voz, Violão e Banjo), Tomás Oliveira (Contrabaixo e voz), Axel Flag (Voz e percussão), Jack Rubens (Bandolim); e por Lumineiro, de Belo Horizonte, que toca Washboard – uma antiga tábua de lavar roupa.

Depois de tomar conta das ruas da capital paulista, tocando instrumentos acústicos e sem amplificadores; carregando seus instrumentos nas costas, Pedro Pastoriz, Alexandre Bandeira, Lumineiro, Jack Rubens e Tomas Oliveira continuam a percorrer os caminhos alternativos do folk urbano.

A banda também criou recentemente a trilha sonora da minissérie “Lili a Ex”, inspirada na tirinha de Caco Galhardo que está no ar no GNT.  

O QUÊ? QUANDO?

  • Show da banda Mustache e Os Apaches
    Classificação indicativa: livre
    Duração: 60 minutos
    Domingo, 25 de Janeiro de 2015, às 19h15.
  • Palestra
    Domingo, 25 de janeiro, das 17h às 18h
    Vagas: 80
    Classificação: livre (sem pré-requisitos)
    Preço: Entrada franca: retirar ingresso na bilheteria no dia do espetáculo, a partir das 12h.

QUANTO?

Grátis (os ingressos poderão ser retirados na bilheteria, no dia do espetáculo, a partir das 12h).

Capacidade: 80 lugares

ONDE?

CAIXA Cultural São Paulo

Praça da Sé, 111 – Centro – São Paulo/SP

Informações: Tel: (11) 3321-4400

Publicado por Darlene Carvalho

Colaboração de Miriam Bemelmans